Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, junho 30, 2008

O nosso cérebro é dodio !!!

O nosso cérebro é dodio !!!
De aorcdo com uma peqsiusa

de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as

Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm

no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê

anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.
Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia correctamente o que está escrito.
35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

As últimas do Dia Mundial da Criança

São Bernardo na brincadeira com as crianças

(clicar nas fotos para aumentar)


Partida BTT
Danças de salão do ATENEU de V.F. de Xira
Os Fantoches do ATENEU de Coimbra
A vizinha com o futuro Núcleo de Caminhadas
O "Patcheco" mais novo. Também és fresco és!
Não sei porquê mas não gosto destas fotos tiradas a multidões a atravessar a ponte...vá-se lá saber a razão...
Para aquele lado, só de carro e só tiro o pé do acelerador na Malhada

"Socialismo" liberal

A Esquerda Sócretina

"Estes tempos de regresso ao século XIX, sob a bandeira de um socialismo liberal, de guerra do petróleo no Iraque, enquanto nos preparam um código de trabalho de 65 horas semanais, ou pelo menos de 12 h diárias durante 3 dias seguidos (aprovada há 3 dias! com a conivência da UGT e das associações empresariais). Como podem os pais conhecer os filhos e estes aos seus pais? A que horas irão ler-lhes a história na cama antes de adormecerem?
Em nome do avanço tecnológico e dos novos contextos da economia global!
Quantas vidas custou a ideia das 8x8x8 (8 horas para trabalhar, 8 para descansar e 8 para dedicar à família, ao estudo, à leitura, à cultura, ao prazer de fruir o que cada um quiser...)?
Abaixo a desumanização desta era de domínio de loucos!
Abaixo a globalização da escravatura!
Eu não me conformo!!!
Nem me posso calar!!!

Casimiro"

sábado, junho 28, 2008

Revisão do Código de trabalho.

O RELATÓRIO DA “OCDE” REVELA QUE O CRESCIMENTO DA PRODUTIVIDADE MULTIFACTORIAL, DA RESPONSABILIDADE DOS PATRÕES, É NEGATIVO EM PORTUGAL, O QUE É MAIS GRAVE DO QUE A CHAMADA “RIGIDEZ” DAS LEIS LABORAIS

A OCDE acabou de apresentar o seu relatório sobre Portugal referente a 2008.
Existem aspectos importantes nesse relatório que foram ocultados pela secretário-geral da OCDE no discurso de apresentação que fez, em que esteve presente o ministro das Finanças, e que também foram ignorados pela generalidade dos media que trataram desta matéria, mas que merecem, a meu ver, uma atenção especial pois constituem algumas das causas mais importantes da baixa produtividade e competitividade da economia portuguesa.
Esses aspectos são nomeadamente o "crescimento negativo" da produtividade multifactorial registado nos últimos anos e a desindustrialização que se tem verificado em Portugal

São precisamente estes dois aspectos que analiso neste estudo assim como a redução da despesa com o subsidio de desemprego em -14%; o aumento em +99% do saldo global da Segurança Social; a utilização do excedente assim criado para baixar a taxa de contribuição das empresas para a Segurança Social e para multiplicar de isenções, resultante do acordo assinado pelo governo, pelas associações patronais e pela UGT sobre a revisão do Código do Trabalho, tudo isto feito à custa da Segurança Social.

Espero que este estudo possa ser útil.
Eugénio Rosa - Economista

A minha opinião se é que interessa:
Neste país é possivel fazer acordos com parceiros sociais,UGT (cujo presidente é militante do PS e dirige uma central que andava a gamar os fundos europeus da formação profissional), que representam apenas cerca de 200mil trabalhadores ignorando opinião de outros que representam cerca de 500mil (CGTP).
Pelo que reza a história, o mais certo é esta revisão ir para o caixote de lixo, como já foram outras, esteja o PS na maioria ou o PSD. Ainda vai correr muita tinta, a ver vamos...e não vai ser preciso dar tiros nem fazer bloqueios ilegais com a ajuda das autoridades em que até mortos têm de haver para que o senhor "Ingenheiro" fique irritado, coitada da flor, como se não se irritasse com tudo e com nada, deve ser dos selos para deixar de fumar que lhe fazem comichão!
Os ordeiros pelos vistos neste país são penalizados, como é o caso das escolas e sedes de sindicato onde pessoas se manifestam ordeiramente. Algo está mal...Daí que talvez alguns comecem a pensar que se começarem aos tiros aos locais de reunião do PS como aconteceu hoje, seja a melhor forma de resolver os problemas, pois se se manifestarem ordeiramente apenas, são simplesmente ignorados e/ou perseguidos pela policia, finanças e afins.
Vamos ver onde é que isto pára...deixem-se andar...

Nota: Como já notaram, os estudos do Eugénio Rosa, estão todos publicados no mês de Fevereiro de 2007 porque são um pouco extensos e desta forma não interfere muito com a leitura do blog. podem ser consultado através da hiperligação que deixo nos posts, ou caso queiram consultar ouros, cliquem na etiqueta "Os estudos do Eugénio" e visionar dessa forma todos os seus estudos.

quinta-feira, junho 26, 2008

Prostitutos

 Eu vou

É importante acabar com isto, com esta promiscuidade entre o poder e o dinheiro, desmontar este sistema, a começar nos sindicatos até à forma falsa e mentirosa como o poder politico nos impõe a vontade do poder económico. Eu vou, vou porque há que mostrar que somos todos nós que temos de ultrapassar a própria luta sindical, ultrapassar a própria classe dirigente para não reduzirmos os protestos a manifestações muito bem comportadas, que marcham com dia e hora marcada, que retiram pressão à panela e aliviam consciências com a ideia do dever cumprido. Eu vou lá porque é importante.


Gentinha reles

 Lei laboral

Pois é meus amigos, o Engenheiro cumpriu com a tarefa que lhe foi destinada pelos seus donos do Clube de Bilderberg de acabar com os direitos laborais neste país. Depois deste acordo pouco mais resta para fazer e quando chegar a hora da mudança de turno nesta politica de alterne, ficará para o próximo governo do PSD acabar o trabalho. Como era de esperar a CGTP abandonou a reunião, a UGT caucionou o acordo, os patrões mostraram-se satisfeitos, fazendo a habitual ressalva de que se podia ter ido mais longe e até a CAP resolveu aparecer para assinar e dizer que é uma excelente lei laboral. O Engenheiro veio com o seu conhecido discurso da importância desta lei para o desenvolvimento e para o progresso do país. Como sempre tem acontecido, vai passar o tempo e vamos ver que piorou o ambiente de trabalho nas empresas, que vão continuar os baixos salários, a precariedade do emprego e o país em permanente crise e a baixar no ranking europeu (o que não é fácil pois até Malta já nos ultrapassou e já restam poucos degraus para descer). Estes vendilhões do país metem-me nojo.

Kaos

quarta-feira, junho 25, 2008

Vai tudo abaixo



Este fim-de-semana

(clicar no cartaz para aumentar)

O Incêndio de Portugal

Nero

Ontem, ao ver o fogo de artifício, no São João no Porto, lembrei-me do Nero que ficou famoso por ter incendiado Roma. Se este ficou para a História que será do nosso Imperador Sócrates que, impávido, observa todo um país a arder, não dos famosos fogos de verão, mas de um outro feito de fome, raiva e desespero. Deixa lá que a história logo tratará de ti, isto se não for um povo cansado de mentiras e de canalhices. Cuidado que já muitos voaram quando foram defenestrados por um povo em luta pela sua terra.

Kaos

segunda-feira, junho 23, 2008

Dedicatória e Correio do leitor, a minha musa...

Perante a indignação, que também eu partilho, apeteceu-me dar este grito de revolta:

Foi-se o Jardim e Rua de Sto António

A propósito deste "chão"
E da festa de "Santas Escolas"
Qualquer dia "do lameiro da ribeira",
E para alguém olear as "molas",
Aqui deixo uma carta
Aos responsáveis por tanta asneira,
Expressa a mágoa do leitor,
Ao ver este acto parvóneo,
De tal concentrada borreira

O desrespeito por quem tratou,
Quem estrumou a muito custo,
O suor lá ficou
Sem nunca receber tusto

O brinco da aldeia,
Trocado por comes e foguetes,
Missas e ladaínhas,
Agora semeiem lá rabanetes

Faz lembrar Portugal,
E a desertificação da beira,
Puxando a brasa á sua sardinha,
Levam tudo para Lisboa
Até me dá...cólicas

Foi-se jardim e rua de Sto. António...

Manjedoura



"ola ,almocreve. eu costumo ler este blog todos os dias e,quando nao ha nada novo,fico triste.obrigado pelas noticias. quanto ao jardim de s.antonio,e uma lastima ve-lo assim. eu sou um dos que bem gostava de o ver, como quando era tratado, infelizmente qualquer dia nem terra la ha. ao ser tratado pelos srs. da junta,a unica coisa que sabem fazer ,e desfazer. cada vez que la vao podar e raspar as ervas,e uma carrada de terra que sai p'ro casalinho. muita dessa terra veio de terrenos de quem o tratava. ninguem que saiba tratar de jardins lhe tira a terra. parece que ja se esqueceram do estrume que se enterrava todos os anos nos /xaes/.gente dessa nem la devia por os pes.quanto mais longe melhor pois parece que tudo o que tocam desaparece ou definha. para mim, quem devia mexer e tratar, era a nova comiçao,e se nao souberem que paguem a quem sabe. e para isso que algum do dinheiro dos peditorios devia ir .adeus ,ate um dia destes."

(mail transportado pelo almocreve)



Ora aí está!

Ora aí está mais uma bela oportunidade para se inscreverem no RNAJ (para além da do Grupo Desportivo) que a Casa do Povo apoiaria de bom grado. O antigo ensaio da banda está vago à espera que alguém ocupe, é apenas uma questão de gerirem e organizarem o tempo em função das outras actividades que desenvolvem e em que participam.
Fiquei contente de vos ver a tocar estes instrumentos e de ver adesão feminina ao grupo, o que é muito invulgar, e ainda mais numa terra conservadora como Casegas, espero que seja o prenuncio da reviravolta das mentalidades caseguenses, algumas ainda tacanhas em demasia.
Isso com mais um pifarosito ou uma gaita de foles portuguesa e certamente com um empurrãosito da Velha Gaiteira (recém nomeados pela Balconytv Music Video Awards 2008 na categoria de Best International Act) e do Ricardo, que agora está como antropólogo a tempo inteiro na Casa do Povo do Paúl e tenho a certeza que teria todo gosto em vos ensinar a "gaitar". A seguir venham os intercâmbios!
Penso que sendo vocês todos músicos, isso com mais um instrumento ou outro (alguns de fabrico artesanal), um grupo do género tem todas as condições para ter sucesso em Casegas, o que poderá passar com alguma fusões com a Banda ou com o grupo de cantares.
Os meu parabéns ao grupo e em especial à jovem filha do Gabriel Mateus cujo nome não sei (desculpa lá isso)!

É assim mesmo!
Selecções destas sim! Esperava daqui a uns tempos ve-los a subir a eira com eles como numa das primeiras actuações destes "caramelos":


Ver mais da Velha Gaiteira em Casegas

sexta-feira, junho 20, 2008

Nem os Santinhos te ajudam

Bem podes rezar Engenheiro, que nem Fátima, nem o Fado te vão valer agora que o futebol acabou. Talvez agora este povo volte à realidade e isso não é nada bom para ti. Que noticia bombástica tens tu na manga para esta altura? Como não sou bom em adivinhar como o “Zandinga”, que já não se encontra entre nós, ou o como o Luís Delgado, que não há maneira de desaparecer, vou esperar pelas parangonas do Expresso, dos outros pasquins a que temos direito de ler e das televisões oficiais que temos de ouvir. Deve estar mesmo para rebentar e não é certamente o que se passar no desértico Congresso de ideias a que está destinado ser o do PSD com a assombração que é a Manuela Ferreira Leite, à frente.

quinta-feira, junho 19, 2008

Porreiro pá!

Hoje resolvi despender um pouco de tempo a fazer uma merecida ilustração desta vergonhosa constatação que encontrei no blog recém-regressado "Máfia da Cova"(clicar na imagem para aumentar)

<Artº 29 do Cap. II da Portaria 117-A de 8 de Fevereiro de 2008, beneficiam de gasóleo ao preço do que pagam os armadores e os pescadores.
Assim todos os portugueses são iguais perante a Lei, desde que tenham iates... É da mais elementar justiça que os trabalhadores e as empresas que tenham carro a gasóleo o paguem a 1,42€, e os banqueiros e empresários do 'Compromisso Portugal' o paguem a 0,80€, e é justo, porque estes não têm culpa que os trabalhadores não comprem iates!!!

Porreiro pá !...>>

Mafia da Cova

quarta-feira, junho 18, 2008

Menos mal...


PS: 41,8% (-1,4%)
PSD: 25%.(-1.9%, a maior descida)
PCP: 11% (+1%)
BE: 10%. (+1,2%, a maior subida)
CDS: 6,9% (+0,6)

O PS perde a maioria absoluta, o PSD é aquele que mais desce nas intenções de voto e o Bloco de Esquerda é aquele que mais sobe segundo o
barómetro Renascença/Expresso/Sic. José Sócrates foi o líder dos partidos com assento parlamentar com a queda mais acentuada em Maio (11%) e é aquele com o saldo de imagem mais baixo (-25%, o pior de sempre). Francisco Louçã foi o que obteve a maior subida (13,8%) e é aquele que tem o saldo de imagem mais alto (12,7%), segundo o “barómetro” da Marktest.

Parabéns a todos os sócretinos!

Obrigado Fernando Pessoa


Álvaro de Campos
Lisbon Revisited
(l923)
NÃO: Não quero nada.
Já disse que não quero nada.

Não me venham com conclusões!
A única conclusão é morrer.

Não me tragam estéticas!
Não me falem em moral!

Tirem-me daqui a metafísica!
Não me apregoem sistemas completos, não me enfileirem conquistas
Das ciências (das ciências, Deus meu, das ciências!) —
Das ciências, das artes, da civilização moderna!

Que mal fiz eu aos deuses todos?

Se têm a verdade, guardem-na!

Sou um técnico, mas tenho técnica só dentro da técnica.
Fora disso sou doido, com todo o direito a sê-lo.
Com todo o direito a sê-lo, ouviram?

Não me macem, por amor de Deus!

Queriam-me casado, fútil, quotidiano e tributável?
Queriam-me o contrário disto, o contrário de qualquer coisa?
Se eu fosse outra pessoa, fazia-lhes, a todos, a vontade.
Assim, como sou, tenham paciência!
Vão para o diabo sem mim,
Ou deixem-me ir sozinho para o diabo!
Para que havemos de ir juntos?

Não me peguem no braço!
Não gosto que me peguem no braço. Quero ser sozinho.
Já disse que sou sozinho!
Ah, que maçada quererem que eu seja da companhia!

Ó céu azul — o mesmo da minha infância —
Eterna verdade vazia e perfeita!
Ó macio Tejo ancestral e mudo,
Pequena verdade onde o céu se reflete!
Ó mágoa revisitada, Lisboa de outrora de hoje!
Nada me dais, nada me tirais, nada sois que eu me sinta.

Deixem-me em paz! Não tardo, que eu nunca tardo...
E enquanto tarda o Abismo e o Silêncio quero estar sozinho!

terça-feira, junho 17, 2008

"Casegas Vai Nua" de boa saúde e recomenda-se!

Gráfico de visitas da ultima semana

Gráfico de visitas nos últimos 12 Meses
Total de Vistas (ultima consulta) - 91.615
Estamos quase a passar a barreira dos 100.000. Já não é brincadeira!
Obrigado a todos os que têm contribuído para o sucesso do blog.

segunda-feira, junho 16, 2008

Ainda se joga ao rolho



O Fernando "Pjêro" encarrega-se da tarefa de passar o testemunho deste jogo tradicional.

Geral ou não, ao que parece não se passou só comigo.

Verifico que existe um abuso por parte das Conservatórias dos Registo e do Notariado, que ao que parece estão a ser instruídas de forma a não cumprirem a lei em prejuízo do cidadão.
É que isto já se passou comigo, e em conversa com o Ruben este fim de semana, relatava-me ele que tinha presenciado uma situação idêntica na Covilhã.
A Conservatória de Castelo de Vide, foi pioneira em cartão de cidadão em Portugal continental. Na altura tinha eu perdido o BI e fui com o Rui Alves para baixo para fazer o cartão. Na altura foi-me dito pela funcionária, que não poderia indicar ninguém para me levantar o cartão, o que me fez alguma confusão, uma vez que eu tinha ligado para a linha de apoio e informaram-me que tal, era possível...,mas calei-me. Vim para casa e consultei a lei que transcrevo em baixo. Fui lá outra vez, disse á senhora que me havia atendido que não estavam a proceder em conformidade com o legislado. Jurou "a pés juntos" que tinha essas instruções e que eu estava errado! Ao que eu respondi "Se tem essas instruções, aconselho-a a trocar de instrutor" e exibi-lhe a lei com o ponto que aqui mostro, sublinhado. Ficou a gaguejar, foi chamar a chefe, que ficou muda, e eu fiquei teso que fiquei sem a massa das viagens.
Quando presenciarem situações destas, citem o seguinte:

Lei nº 7/2006 de 5 de Fevereiro de 2007

Artº 31
2 - O cartão de cidadão é entregue presencialmente ao titular ou a terceiro que tenha sido previamente indicado pelo titular no momento do pedido, bem como à pessoa que supre, nos termos da lei, a incapacidade do titular.

Ou seja, quando for "fazer" o Cartão único do Cidadão, pode levar alguém consigo para depois o levantar mediante apresentaçã do respectivo código de activação, como também pode escolher o serviço onde pretende proceder ao levantamento (Artº 30 e 31º).

Rota das Maçarocas

(clicar no no cartaz para aumentar)

Buzinão

sábado, junho 14, 2008

Com raça desta, não quero eu nada!

 Cheiro a Batota

O Tratado de Lisboa tinha como obrigatoriedade para a sua aplicação a necessidade de ser ratificado pelos 27 países que constituem a União Europeia. Sem isso não pode ser aplicado. Para o conseguirem esta gente não se coibiu de fazer batota e de ser desonesta. Mentiram, faltaram com a palavra, conspiraram, fizeram um texto que ninguém entendesse, impuseram a sua vontade recusando saber a nossa por referendo, Cedo cantaram vitória num “Porreiro pá”. Lá foi o tratado sendo ratificado de parlamento em parlamento até que chegou o dia da única dificuldade que tinham no caminho; a obrigatoriedade da Constituição Irlandesa que obrigava à realização de um referendo. Aí não havia volta a dar para poderem evitar a vontade popular. Os Irlandeses disseram não e o Tratado de Lisboa devia simplesmente ser atirado para o lixo, como disse o Cherne, não havia plano B. Isso era o que devia ter acontecido ontem, mas como a desonestidade desta gente é por demais conhecida, já todos, desde o Engenheiro ao Cherne, passando pelos Sarkozy’s, Merkel’s, e outros Bilderberg que por aí andam, já vieram dizer que as rectificações parlamentares que ainda não e realizaram devem ser feitos. Porquê? Não era obrigatório 27 Sim’s para o Tratado poder existir? Que aldrabices já andam a tramar? Que mentiras se preparam para nos dizer? Não duvido que vão fazer batota, que vão aldrabar o “jogo” e impor-nos a vontade dos seus “Donos”. Sabem que descer mais baixo do que aquilo que já fizeram é difícil, mas para seres como eles tudo é possível.

kaos

Biltres da pior espécie!
Aquela raça de gente que é capaz de vender a mãe e dizer que fui eu. Lembram os jogadores dos "dados e copo" na "Boite do Pneu" do falecido Ti Zé Campos.
Mas de que raio é feito esta gente?
Gostava de saber o que acham os discretos e sempre ausentes "senhores PS" de Casegas, acerca das atitudes desta gente.
Ou vão manter a passividade típica, a mesma que tem aquando das eleições autárquicas em Casegas, a mesma passividade responsável pela passiva Junta de freguesia que temos tão passiva que nem mencionada é em Boletins Municipais por mais grossos quanto a lista telefónica sejam.
Façam com que eu tenha razão, razão para dizer que são tão previsiveis quanto o senhor Ingenhêro e o resto desta escumalha Bilderberg.

quinta-feira, junho 12, 2008

Uma porreira sexta feira 13 para o Cherne&Cia.

<Segundo as últimas pesquisas, 35% dos irlandeses devem votar contra o Tratado, e 30% a favor, enquanto 28% ainda estão indecisos e 7% não devem votar.

O Tratado de Lisboa adotado pelos líderes da União Européia na reunião de cúpula realizada no dia 13 de dezembro do ano passado na capital portuguesa substitui a fracassada Constituição Européia e põe fim a mais de dois anos de crise no bloco, mas não satisfaz aos que questionam o futuro da UE em pontos como sua ampliação e integração.

O Tratado estabelece personalidade jurídica para a União Européia, para que ela possa assinar acordos internacionais em nível comunitário. Além disso, ele determina a nomeação de um Alto Representante para a Política Exterior e de Segurança Comum do bloco e estabelece a aplicação formal da dupla maioria a partir de 2014. Atualmente, as decisões são tomadas por consenso.

O objetivo da UE é que o Tratado seja ratificado por seus 27 membros durante este ano para que entre em vigor em 1º de janeiro de 2009.>>

Folha Online

Salva-nos desta cambada, Irlanda! Please!

(Já que o ditador sócretino não cumpriu com mais uma promessa: a de referendar esta matéria. Haveria já compromissos assumidos com os Bilderbergs? Provavelmente)


OS MEDIA EM PORTUGAL E OS “ARGUMENTOS” DE SOCRATES



O 1º ministro, depois da manifestação de mais de 200.000 trabalhadores em Lisboa, irritado afirmou : "Não me impressiona os números.Impressiona os argumentos". São precisamente alguns desses argumentos que Sócrates se tem recusado a escutar, e a forma como têm sido tratados pela maioria (felizmente não todos) dos grandes orgãos de comunicação social que analiso neste estudo.



Espero que
ele possa ser útil.
Com consideração
Eugénio Rosa
Economista

Ler os argumentos

Sociedade Perturbada

É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.

Há dias, Joaquim Aguiar disse, na SIC, que José Sócrates não está preparado para a governação do País. Afirmação contundente, vinda de um conselheiro de Presidentes e de primeiros-ministros. O dr. Cavaco também o não estava, e dirigiu a nação durante uma longa e penosa década. Sabe-se que teve nas mãos rios de dinheiro, que trocou prioridades e atribuiu ao betão uma importância superlativa. A maioria absoluta de que dispôs colocou o português comum em estado de crispação. E a soberba dos seus áulicos recriou o espírito de obediência servil, marca d'água do salazarismo. Estamos, actualmente, na mesma situação. Quem não está de acordo, fora da carroça.

Cavaco, como Sócrates, entendia, difusamente, os princípios fundamentais da democracia, que se não limitam a questões de estatística. A democracia exige uma cultura democrática, e a identidade dessa cultura baseia-se na conciliação do respeito mútuo com a dimensão colectiva. Ambos, homens tensos, hirtos, de temperamento autoritário, desprezam a manifestação, a rua, o ardor do protesto que associam duas injunções aparentemente contraditórias: a igualdade de tratamento e diferencia- ção. [É curioso que o dr. Cavaco tenha designado o 10 de Junho por Dia da Raça, terminologia oficial do salazarismo. Raça? Que raça?]

.
Até hoje, não tivemos dirigentes à altura das expectativas dos portugueses. As crises, acumuladas umas nas outras, atingiram um estádio insuportável. A agitação social dos últimos meses não culmina com a questão dos combustíveis e a revolta dos camionistas. E estabelece uma relação de continuidade, cujas origens estão no desfasamento de quem dirige com a realidade circundante, e na recusa obstinada em selar um novo pacto social, que não coloque no limbo o mundo do trabalho. Pescadores parados, milhares de camiões estacionados, duzentas mil pessoas em desfile protestatário, a Igreja a dar inequívocos sinais de incomodidade, através de declarações veementes de D. Manuel Clemente e de D. Manuel Martins, pronunciamentos políticos de diversos sectores - eis a representação de uma sociedade perturbada.

Sócrates não conseguiu dar resposta aos problemas mais rudimentares. Um homem novo, incapaz de proceder à evicção do que é antigo, cediço, bafiento, praticante da cartilha de Milton Friedman, experimentada no Chile de Pinochet e um pouco por todo o mundo - com sangrentos rastos de miséria, morte e desespero. Não tenhamos receio das analogias. A História é uma comparação permanente. E aqueles que a não conhecem estão condenados a repeti-la.

Aparece, agora, como "novidade", a candidata do PSD, cujo catecismo político pertence às regras e aos mandamentos dos Chicago Boys. Com perdão da palavra, assistimos à reincarnação do irracional.

Baptista Bastos

Escritor-Jornalista

quarta-feira, junho 11, 2008

Tomem lá mais Europa que é democrático!

FOI VOCÊ QUE PEDIU UM CARTÃO DE SÓCIO DA EUROPA?


65 Horas de Trabalho Semanal...Porreiro pá!

 “Porreiro pá

«Depois de quatro anos de negociações, os ministros europeus aprovaram hoje a Directiva do Tempo de Trabalho, chegando a acordo sobre a possibilidade de prolongar a semana de trabalho das actuais 48 horas até às 65 horas.
A Comissão Europeia já saudou o acordo político. “Este é um grande passo em frente para os trabalhadores europeus e reforça o diálogo social. Mostra, mais uma vez, que a flexigurança pode ser posta em prática” »

Porreiro pá. Para quem tinha duvidas que esta Europa é dirigida por sabujos ao serviço dos tenebrosos Bilderberg espero que isto os ajude a pensarem no assunto. Quando o desemprego aumenta, quando a precariedade se está a transformar em regra, quando os direitos nos são retirados uma a um, quando aumenta a vigilância e a actividade policial em redor dos interesses dos poderosos, quando a pobreza aumenta assim como o fosso para os mais ricos, quando nos impõem um Tratado Europeu que coloca o poder e as decisões em mãos de quem nem é eleito, mas nomeado por gente que nem conhecemos, quando o estado social está a ser destruídos, que mais falta dizer. Que vão fechar os nossos filhos, logo desde pequenos, durante 11 horas nas novas super escolas, vigiadas, muradas, gradeadas e onde lhes vão ensinar a obediência, a subserviência para se tornarem em mão de obra barata, enquanto os pais são obrigados a um trabalho cada vez mais escravo e mal pago? Que mais falta dizer quando somos confrontados com esta realidade a ser construída debaixo dos nossos pés para percebermos que temos de fazer alguma coisa? Que temos de reagir, que temos de os travar já. O nosso futuro está a ser construído hoje por gente que não presta e se nada fizermos é nesse futuro que iremos viver. Se estão a contar com aqueles que elegeram para os travar não se esqueçam que, perante este amanhã, eles sorriem e dizem: - Porreiro pá.

Kaos

Acenenemos to
dos com orgulho o cachecol de Portugal!

É CASO PARA URRAR: Portugal "OLÉ!" Portugal "OLÈ"! Mais um par de bandarilhas!

GRITEMOS TODOS COM ALEGRIA NO INTERVALO DO
JOGO: VIVA O REGRESSO À ESCRAVATURA!

Anestesia Geral

Não é que eu vá muito "à bola" com este bicho do Pacheco Pereira, mas desta vez tenho de lhe dar toda a razão. Anda tudo anestesiado! Entretanto enquanto o Zé Povo dorme, os escroques e Bilderbergs vão aprovando merda como a do post que vou colocar de seguida. Desculpem lá o desvio de atenção do ecran.

"O EXCELENTE PAPEL PARA OS GOVERNOS DO FUTEBOL COMO CIRCO E PARA DISTRAIR DA ESCASSEZ DO PÃO

Não é por acaso que a televisão que é paga com o dinheiro dos contribuintes para fazer uma coisa inefável que é o “serviço público”, ou seja ter outras prioridades que não sejam as audiências, é a que mais (ou uma das que mais) mergulharam na visão do país como um enorme campo de futebol e dos telespectadores como tendo uma bola na cabeça e o cachecol da “selecção”, com horas e horas de directos, semi-directos e pseudo-notícias sobre trivialidades, de tal maneira que Portugal, o mundo, os problemas, as notícias, ficam soterradas a um canto do delírio patriótico com o futebol. O governo, num dos piores momentos de sempre, agradece. Os romanos reconhecer-se-iam no Portugal de hoje, com o imperador a dar circo e gladiadores, para esconder que a guerra corre mal na Germânia e que não há dinheiro no tesouro para pagar o trigo do Egipto."

terça-feira, junho 10, 2008

Dia de Portugal, de Camões e da Canalha que nos rouba.

Como não tive tempo para fazer um post assinalando o 10 de Junho, e uma vez que a roubalheira está na moda, roubei mais um precioso contributo ao Kaos.

 “10 junho

Para ampliar imagem clicar "AQUI"

Meus caros amigos

Como disse no post em que decidi fazer um intervalo na minha passagem pela blogosfera, ando farto desta merda em que estamos atolados, deste país de alterne onde nem somos governados pelas putas, mulheres que pelo menos vendem aquilo que é seu, mas pelos seus filhos, chulos que usam, abusam e vendem aquilo que é de todos nós. Agradeço os muitos comentários que fizeram e no fundo não posso deixar de me sentir “babado” por tanta gente dizer que aquilo que faço serve para alguma coisa e sensibilizado pela amizade demonstrada, mas não deixo de me questionar se realmente não acabo a servir o sistema que tanto critico. Que estamos nós realmente a conseguir mudar, que incomodo conseguimos nós fazer contra o movimento deste enorme e pesado comboio dos Bilderberg já em velocidade de cruzeiro. Até onde estamos nós dispostos a ir e fazer para o parar? Até onde tenho eu o direito de o fazer se isso colocar em causa o haver pão na mesa para os meus filhos? Posso eu perder o emprego, posso eu prejudica-los só porque estou convencido que de outra forma também o seu futuro está comprometido? Como posso eu dizer que a minha verdade é mais verdadeira que a desta gente? Eles têm tudo, os órgãos de comunicação, a força, a legalidade, e até o futuro dos meus filhos nas suas mãos. Eu só tenho a minha consciência burguesa, a minha lógica que me faz antever uma nova idade média e o meu medo. Tinha 17 anos em 1974, vislumbrei um país novo, um povo que solidário, uma alegria, uma cor e sentimentos que me fizeram acreditar que a utopia era possível. Até hoje nunca quis acreditar que estava enganado e recuso-me a aceitar o fim desse sonho. Como será possível concretizá-lo não sei, mas não posso desistir.
Fazer este blog pode contribuir para o tal “pauzinho na engrenagem”, mas é claramente irrelevante para avariar esta máquina que nos tritura. É necessário fazer mais, muito mais. Temos de ultrapassar os nossos medos, as regras que inventaram para nos manter bem comportados, os partidos, os sindicatos, e todas as organizações que criaram para nos fazerem festejar ou manifestar em dias certos e com hora marcada.
Hoje é dia de Portugal e amanhã volta a jogar a selecção para agitarmos as bandeiras e esquecermos as tristezas e as desgraças desta vida que a corja nos impõe. A revolta, essa terá de ser adiada para depois, para quando acabar o campeonato, quando acabarem os jogos olímpicos e o orgulho que vamos sentir de ver a Vanessa Fernandes de medalha de ouro ao peito, para depois do verão pois já todos temos as férias planeadas e marcadas. Depois, entre duas telenovelas, o Prós e o Contras ou no intervalo de um jogo do Benfica, talvez encontremos um tempinho para fazer uma revolução. Se não houver, podemos sempre escolher um dos partidos de alterne para votar e ficarmos de consciência tranquila pelo dever cumprido. Eu por mim cá continuarei a fazer bonecos sabendo que nada altero, mas satisfazendo-me só de pensar que possa, de quando em vez, irritar alguém. Se pelo menos conseguir que alguém sorria nesta vida cinzenta para onde nos estão a atirar já não será mau.

Contributo para o Echelon: 15kg, DUVDEVAN

Este diz que é o "dia da raça"...
Que raça de gente esta!

Só o Kaos me faz rir neste país triste...

segunda-feira, junho 09, 2008

Não diz a comunicação social...Dizemos nós!

Como podemos verificar em mais um genial boneco do Kaos, ao cimo: "a Bilderberg production" em jeito de afirmação de que a ASAE é obra destas "toupeiras" que ninguém vê à luz do dia(pelo menos a fazer estas sacanagens) e muito menos na comunicação social, os "Bilderbergs".

E pergunta o caro e leitor e muito bem:
Quem é essa gente de quem nunca ouvi falar?
Então aqui vão algumas breves explicações acerca de quem são em Portugal e como operam à socapa:

São Grupo secreto de banqueiros internacionais, que reúne membros importantes de vários países, pessoas influentes na política e na imprensa.
Fundado em 1954 todos os anos têm reuniões secretas, não divulgadas na imprensa, planeiam guerras, estratégias, nova ordem mundial, situação económica mundial, etc.
O grupo influencia certas organizações como Banco central Europeu, Banco mundial, Nato e outras.
Bill Clinton, Tony Blair pertencem ao grupo.
De Portugal pertencem Pinto Balsemão, Jorge Sampaio, Santana Lopes, Durão Barroso, José Sócrates. (E talvez mais).
A última reunião em Portugal foi em 1999, em Sintra.
O grupo coexiste com outras formações poderosas e de composição complexa, como o G-8 ou o FMI.
O último encontro teria sido em Itália, Junho de 2004, Por “coincidência” Durão Barroso esteve em Itália, “foi ver o Papa”, e certamente participou do encontro.
____________________________________________
A Nova Ordem Mundial é sustentada pela pobreza humana e a destruição do ambiente. Dá origem ao apartheid social, promove o racismo e os conflitos étnicos, mina os direitos das mulheres e, frequentemente, precipita os países para confrontos destrutivos entre nacionalidades.
Tudo o que você ver acontecer, nos noticiários, na economia do seu país, todas as mudanças negativas, pode ter a certeza que é um avanço para a Nova Ordem mundial.
Os governantes irão sempre prometer maravilhas, mas ignore, Durão Barroso prometia baixar o Iva mas repare como ele subiu em flecha. Prometiam melhorar a economia e repare como mergulhamos há anos na crise.

A Maçonaria
Os nomes de alguns políticos famosos maçons
João Soares,Santana Lopes, Pinto Balsemão.
Mário Soares ( ex-presidente de Portugal) é Maçon. (a 22 de Julho de 2000 inaugurou o Museu da Maçonaria, na Quinta da Regaleira, Sintra).
Durão Barroso já participou em reuniões de Maçons, e tambem no encontro do Grupo Bilderberg em 1999 em Sintra.
Porque permanece a Maçonaria secreta? Ler mais aqui

Quer saber como os Bancos nos enganam? Como o dinheiro vem do nada? Como surge o endividamento ? Clique aqui: Quero toda a terra mais 5%

Delicie-se com mais algumas curiosidades acerca desta cambada, que nos ajudam a compreender muito do que se passa no país e no mundo em Realidade Oculta

É de ficar boquiaberto não é?
Yo no creo en bruxas, pero que l´ASAE, l´ASAE!

Palha podre?
- Não obrigado!