Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, junho 12, 2008

Uma porreira sexta feira 13 para o Cherne&Cia.

<Segundo as últimas pesquisas, 35% dos irlandeses devem votar contra o Tratado, e 30% a favor, enquanto 28% ainda estão indecisos e 7% não devem votar.

O Tratado de Lisboa adotado pelos líderes da União Européia na reunião de cúpula realizada no dia 13 de dezembro do ano passado na capital portuguesa substitui a fracassada Constituição Européia e põe fim a mais de dois anos de crise no bloco, mas não satisfaz aos que questionam o futuro da UE em pontos como sua ampliação e integração.

O Tratado estabelece personalidade jurídica para a União Européia, para que ela possa assinar acordos internacionais em nível comunitário. Além disso, ele determina a nomeação de um Alto Representante para a Política Exterior e de Segurança Comum do bloco e estabelece a aplicação formal da dupla maioria a partir de 2014. Atualmente, as decisões são tomadas por consenso.

O objetivo da UE é que o Tratado seja ratificado por seus 27 membros durante este ano para que entre em vigor em 1º de janeiro de 2009.>>

Folha Online

Salva-nos desta cambada, Irlanda! Please!

(Já que o ditador sócretino não cumpriu com mais uma promessa: a de referendar esta matéria. Haveria já compromissos assumidos com os Bilderbergs? Provavelmente)


Sem comentários: