Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, março 22, 2010

Um bem haja...

(...e a vermelho, que ela não gostava de luto preto)

...pelas palavras dos mais afastados presentes, bem haja aos que menos simpatia têm pela minha pessoa institucional ou profissional também presentes. Acho que pessoalmente nunca fiz mal a ninguém, nem disse ou fiz nunca mal de quem não merecesse...Nunca fazer mal a quem não o merecer
...

Um sem palavras com mágoa para mais próximos ausentes.

Um bem haja muito especial para a Inês, André, Rui e Alice.

Um bem haja a quem respeitou ou meu luto como o senti.

Bem haja:


Um bem haja a quem respeitou ou meu luto como o senti.
Quem me conhece, sabe que não ligo a algumas coisas e não acredito em alguns rituais, é a forma como vivo alguns momentos menos felizes. Mas fica o registo.
Bem hajam pelo apoio!

Um bem Haja a:

Tua amiga Florinda
Amigos Mini Mercado Craveiro
Lurdes Craveiro, Seu Marido e Filhos
Ti Fernanda e Prima Susana
Colega e amiga Ana (da Marina)
Susana Relvas, Mª Jesus, Susana Almeida e Joaquina Almeida
Amiga Mº José Mendes
Departamento de Educação, Cultura e Acção Social da Câmara Municipal de Ourém
Olívia, mãe da Isabel
Amiga Lurdes Branco e Filhos (França)
Mº do Carmo Pereira Brás e António
Ti Álvaro, Ti Tina, Leonel e Antony
Amigos Cristina e Carlos Henriques e Filhas
Prima Ilda do Carvalhal
Primos Laranjo (Mariazinha)
Café Paris, Vitor, Jesus e Filhos
Amigos Viriato e Manuela
Abertina Marcelino e Maria José Marcelino (França)
Primos Gina, Nelson, Mª de Jesus e Laurentino
Ti Céu, Any e Sandra
Albertina e Hermínio
Alice Lavrador e Nuno e Gonçalo (Café Central)
Teus filhos (filhos só...)
Pedro e Isabel
Florinda e Marcelino
Fernanda, Ramiro e Christien
Horácio Neves, Otília Craveiro, Filhos e Nora
Primas Céu Gonçalves, Dulce e Céu
Conceição Gonçalves e marido
Família Batista (Biló)
Comadre Matutina, Compadre José Marcos, Elvira, Carlos, Zé, Dulce e Filhas
Orlanda, Adelaide, Ju, São, Carlose e Paulo Serrão
Daniela, Ruben e Inês
Prima e amiga Alice
Empresa “CANICOLOR (“ANICOLOR”, deduzo)

Aos 98 assinantes do livro de condolências

Aos amigos e Familiares que se lembraram de mim via Facebook

A Ricardo da Delfina (Velha Gaiteira), minha irmã Marina, Zé Augusto, Ti Cruz e Ti Carlos, César Craveiro, Silvério, Tito,Néné e Inorina,Paulo Vaz, Sapek, Abrantes, Lurdes, Bill, Bruno Gafeira, Filipe de C.Vide, Pedro Tátá, David Timóteo, Tonito do Ti Pinto, Mário do Ourondo e Ginjas do Sobral...e mais os que não me lembro.

Ao meu Irmão Filipe Alves, e amigas Silvie e Cristina Carvalha

Ás pedras da Serra...e aos meus dois vizinhos caninos lavradores, o Preto e o Branco. Já estive pior com pessoas...posso considerar-me um sortudo então!

Um pedido de desculpas aos leitores do blog, do qual a minha mãe era fã, por esta fase de seca e de abuso pessoal do espaço.

Um bem haja em nome da Alzirita do T´Xquim Bernardo e da Ti Branca, uma das pessoas mais queridas em Casegas por quem a conheceu....

Capitulo encerrado.

terça-feira, março 09, 2010

Deus não é filho da Puta...

...sê-lo-ia se existisse, corrigindo a tese de Saramago.
67 anos de devoção, uma vida de doenças e sofrimento, nunca fez mal ninguém...e o pressuposto "Todo Poderoso" que fez? Nada...Javé se existisse, seria um filho da puta tal como os porcos que não conhecem a pia em que comem. Já Satã nunca dei por ele, nem sei se existe, mas esse pelo menos não apregoa aos quatro ventos, que é mau, que faz e acontece.

Adeus Mãe, a melhor que conseguiu ser.

terça-feira, março 02, 2010

O Wonderful World do Louis Armstrong no Idolo Americanos. Genial



Enviado pelo "Bill".
Boa Billeee!

As ultimas fotos da "macna"

Em Casegas também "ainda há pastores"...

"-Ó Jorge, só cá vai metade! Vai ter comigo lá abaixo que eu ando lá!"


O Ti Luis Grilo, uma figura incontornável e um dos personagens mais "castiços" de Casegas. Gostaria de explorar mais, mas não tenho tempo.
Tenho uns videos dele que gravei uma vez numa festa dos Zés se não estou em erro, em conversa comigo, com o Zé Neves e o Gabriel, de partir o côco a rir com o Ti Luís...Para maiores de 18 anos Claro...daqui a uns 50 anos talvez publique isso...heh!
Ele há coisas do arco da velha...a coexistência de duas das mais belas construções de Casegas e o Cruzeiro com o escarro da placa do auto-elogio...gabarolices de merda.
É que o próprio cruzeiro ficou uma cagada...daí a placa até nem destoar muito (do cruzeiro claro...).
Aliás, Casegas está a virar um "placolândia" ao estilo do tempo da velha senhora. Não haverá por lá quem volte a fazer o mesmo que fizeram às do tempo dos "Antonino dos Ócalos"?

As bombas de Casegas, com nova gestão do Fernando Sobreiro do Sobral. Como boas vindas, ao que se consta...Foram assaltadas...outra vez!
Traído pelo sol...logo lá volto, quando tiver "macna". É uma bela vista sobre Casegas, das mais abrangentes...

...e eu estou aqui Abrunhosa!

(Perna de Cabrito ao Serpão, com esparregado de Farinheira e batatinhas torneadas à Padeiro. De lado, uma redução que Quinta dos Termos "Reserva do Patrão", com Zimbro e Tomilho Serpão. Uma encomenda para simpático e generoso casal algarvio. A perna do cabrito fica em pé. Eu é que fui cromo e tirei a foto deste ângulo, que não se vê nada claro...bah!)

Aproveito para fazer uma publicidadesita ao meu amigo David Timóteo, sobrinho da Ti Olivia do café:

Visite o "Restaurante Tipico Varanda da Estrela" e aprecie a verdadeira cozinha regional:

Aqui poderá saborear o Porco Bravo com Castanhas e Cogumelos Frescos, uma Púcara Cornuda (a nossa Chanfana temperada pela "minha comadre" Ti Maria), o Cabrito Recheado (por encomenda), o Ensopado de Cordeiro à Pastora com pão frito em azeite e alho, as serranissimas Feijocas, o Pança do Porco em Nagalho com Ares da Bairrada, Rojões à Maneira das Aldeias, o Chibito Assado à Tonho Padeiro, o natural de a cerca de 200m daqui Bacalhau à Assis, o Bacalhau à Rosa Negra, Costelas da Vaca Assadas no Forno, Arroz de Marreco à Nossa Moda (com passas e pinhões), as Migas de Broa de Milho com Couve, e Feijões Pequenos, os caseguenssissimos "Feijões com Couves"... salteados em azeite e alho a acompanhar estes pratos? Ai...mai bons!
E o recém nascido, e já um sucesso, Arroz do Zimbro do Ti Manel. Feito com vitela fresquinha, toucinho, chouriço, cogumelos sempre frescos e chá de Zimbro, acabado e servido em caçoulos de barro ainda a fervilhar na mesa.
E os Burlhões à minha moda? Calma...também -de ir com tempo, mas por encomenda, tempo arranja-se!
Entre muitas muitas outras coisas que me vão surgindo a cada dia que me degladio com os produtos em meu redor nesta passagem por maiores altitudes., tudo aromatizado com ervinhas do "meio do mato" desde o alecrim, o rosmaninho, a segurelha e o tomilho serpão até ao manjericão e a salsita da horta da Ti Maria, "a comadre". Até do quintal do Pedro "Tátá" do Sobral nos chega maravilhosa manjerona. Um bem haja para o Pedro que anda sempre por cá também...mais conhecido por "Sargento Silva" por estas paragens. Uso também, como não poderia deixar de ser, o zimbro, que aqui, é simplesmente espetacular...! É o Ti Manel que o apanha e não tem nada a ver com o que se compra nas ervanárias...tem um aroma indescritível, fresquinho e aromático...esmagado com pimenta preta...Muito bom mesmo!
Aqui poderá encontrar bom queijo Serra da Estrela e uma vasta gama de licores, aguardentes, compotas, mel e charcutaria do nosso amigo João Pedro do Bucha & Pinga da Barriosa visitante do Casegas Vai Nua. Muito bons, de qualidade garantida asseguro. À antiga!
As morcelas não teem a predominancia exclusiva dos cominhos tipicamente de Casegas ou Silvares, mas têm um tempero...que eu nem vos digo nada. Muito boas!
Salientar que este amigo, faz mesmo Licores a sério, não comparáveis com aquelas bebidas feitas com não sei bem o quê que faz a "Zimbro".

"Home cold home..."

Aquele monte não me é estranho...nada estranho...A "Muralha" entre Alvoco de Serra e Unhais, a mais de 1000m de altitude já... Mais haverão que não o esqueceram de certezinha...Eu sei que prometia as fotos da ultima ida à serra a pé (e minha ultima subida), mas são muitas e demoram muito tempo (e "aéreos") a carregar. Mas não estão esquecidas!

Diabo na Cruz - Os Loucos Estão certos.



Muito Bom!

Letra para cantarolar:

Os loucos estão certos
Os certos estão fartos
Os fartos são modernos com os pés no chão

Os sogros estão pobres
Os pobres estão mortos
Os mortos são vivos em preservação

O bairro está cheio
As cheias estão à porta
O António das chamuças mudou de canal

Os loucos estão certos
É preciso ouvi-los
Foram avisados não nos querem mal

Os loucos estão parvos
Os parvos estão no trono
O trono que era bênção fez-se maldição

Os trilhos estão cruzados
A fome aí à espera
O tio veio ao casório para insultar o irmão

Os padres comem putos
Os putos comem ratos
Na igreja de São Torpes hoje há bacanal

Os loucos estão certos
É preciso ouvi-los
Foram avisados não nos querem mal

Ai, ai, ai
Já que a gente se habitua ao ai
Ai, ai, ai
Já que a borga continua
Já que o ritmo não recua
Seja o filho avó do pai

Os Loucos estão certos
Os certos estão fartos
Os fartos são modernos com os pés no chão

Os trilhos estão cruzados
A fome aí à espera
O tio veio ao casório para insultar o irmão

Os padres comem putos
Os putos comem ratos
Na igreja de São Torpes hoje há bacanal

Os loucos estão certos
É preciso ouvi-los
Foram avisados não nos querem mal

Ai, ai, ai
Já que a gente se habitua ao ai
Ai, ai, ai
Já que a borga continua
Já que o ritmo não recua
Seja o filho avó do pai