Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, novembro 27, 2007

Desafio: -Quem os consegue identificar todos?

Banda de Casegas nos anos 30

Banda de Casegas nos anos 50
(clique sobre a imagem para ampliar)
Deixe as suas respostas nos comentários. A quem acertar os nomes todos, o César Mendes paga um queijo fresco!

segunda-feira, novembro 26, 2007

O documento do TC mostra que, dos 532 empréstimos que foram visados, seis processos foram devolvidos por não estarem sujeitos a controlo prévio por parte do organismo presidido por Guilherme d'Oliveira Martins.

Analisando o número de processos por autarquias verifica-se que Vila Nova de Gaia foi a câmara que mais empréstimos contraiu nos últimos dois anos.

Os dados revelam que o município liderado por Luís Filipe Menezes - do PSD - contraiu 18 empréstimos no período em análise, no valor global de 74,5 milhões de euros.

Dos 18 processos que deram entrada no TC, 17 foram destinados a financiar projectos relativos a habitação social no concelho e um para proceder à renegociação da dívida da autarquia.

Este empréstimo, no montante de 35,9 milhões de euros e contraído no Millennium bcp, é mesmo o mais elevado em termos absolutos entre os 555 contratos que foram objecto de apreciação por parte do Tribunal de Contas.

Câmara de Coimbra é a segunda mais endividada

A Câmara Municipal de Coimbra surge em segundo lugar do ranking com um empréstimo de 35 milhões de euros, contraído junto do Dexia Credit Local, igualmente com o objectivo de renegociar o montante das dívidas da autarquia.

O município presidido por Carlos Encarnação - PSD - surge ainda em oitavo lugar com outro contrato de 12,5 milhões de euros, também no banco Dexia.

Em terceiro e quarto lugar aparecem dois empréstimos da Câmara Municipal da Maia, um de 27,6 milhões de euros, no Santander Totta, e outro de 20 milhões de euros no BPI. Ambos os contratos visaram também a renegociação do valor da dívida bancária da autarquia, liderada por António Fernandes, do PSD.


A Câmara Municipal da Covilhã, presidida pelo social-democrata Carlos Pinto, surge em quarto e nono lugar da lista, com dois empréstimos: um de 18 milhões de euros no BPI e outro de 11,2 milhões de euros no Santander Totta. Ambos também tendo em vista a renegociação da dívida do município.

No sexto lugar do ranking está a câmara municipal de Sintra, cujo presidente é Fernando Seara (PSD) com um empréstimo de 17,4 milhões de euros no Millennium bcp, contraído igualmente para renegociar os montantes em dívida do município.

Com o intuito de renegociar também o montante do endividamento da câmara, aparece em sétimo lugar a Câmara de Leiria, presidida por Isabel Damasceno (PSD), com um empréstimo de 12,6 milhões de euros contraído junto do banco Dexia Credit Local.

As câmaras de Lousada e Vila Nova de Famalicão, com dez empréstimos cada uma, fecham o pódio das câmaras que mais empréstimos contraíram.

Sic Online


Quando olhei a primeira vez para este ranking, achei logo que a Câmara da Covilhã é a mais endividada. Comparando o nosso concelho em termos de população com os restantes desta lista somos sem dúvida o concelho com menos população, daí que creio que interessa analisar é o montante per capita destes empréstimos e entenda-se aqui o per capita como a população de cada concelho. Assim, contas por alto(com dados da wikipedia para a população), obtive os seguintes resultados (população, valor per capita).

Covilhã (60 000; 487)
Maia (120000; 397)
Vila Nova de Gaia (310 000; 240)
Coimbra (200 000; 237)
Leiria (125000; 100)
Sintra (410 000; 43)

Perante este cenário vejo um futuro comprometedor a nível financeiro na Câmara da Covilhã, a não ser que em termos de receitas também apareça no top de algum ranking...

(in Mafia da Cova)

quinta-feira, novembro 22, 2007

Grande malha!

Tive acesso a esta carta escrita por um cidadão ao nosso Ministro das Finanças. É verídica.

Se todos tivéssemos a atitude deste homem, que não conheço, quem sabe se o nosso Portugal não melhorava, e os nossos governantes pensassem mais no povo que governam e que os elegeram.

Passem a todos este acto de coragem.

«Exmo. Senhor Ministro das Finanças :


Victor Lopes da Gama Cerqueira, cidadão eleitor e contribuinte deste País, com o número de B.I. 8388517, do Arquivo de identificação de Lisboa, contribuinte n.º152115870 vem por este meio junto de V.Ex.a para lhe fazer uma proposta:

A minha Esposa, Maria Amélia Pereira Gonçalves Sampaio Cerqueira, foi vítima de CANCRO DE MAMA em 2004, foi operada em 6 Janeiro com a extracção radical da mesma.

Por esta coisinha sem qualquer importância foi-lhe atribuída uma incapacidade de 80%, imagine, que deu origem a que a minha Esposa tenha usufruído de alguns benefícios fiscais.

Assim, e tendo em conta as suas orientações, nomeadamente para a CGA, que confirmam que para si o CANCRO é uma questão de só menos importância.

Considerando ainda, o facto de V. Ex.ª, coerentemente, querer que para o ano seja retirado os benefícios fiscais, a qualquer um que ganhe um pouco mais do que o salário mínimo, venho propor a V. Ex.ª o seguinte:

a) a devolução do CANCRO de MAMA da minha Mulher a V. Ex.ª que, com os meus cumprimentos o dará à sua Esposa ou Filha.
b) Concomitantemente com esta oferta gostaria que aceitasse para a sua Esposa ou Filha ainda:
c) os seis (6) tratamentos de quimioterapia.
d) os vinte e oito (28) tratamentos de radioterapia.
e) a angustia e a ansiedade que nós sofremos antes, durante e depois.
f) os exames semestrais (que desperdício Senhor Ministro, terá que orientar o seu colega da saúde para acabar com este escândalo).
g) ansiedade com que são acompanhados estes exames.
h) A angústia em que vivemos permanentemente.

Em troca de V. Ex.ª ficar para si e para os seus com a doença da minha Esposa e os nossos sofrimentos eu DEVOLVEREI todos os benefícios fiscais de que a minha Esposa terá beneficiado, pedindo um empréstimo para o fazer.

Penso sinceramente que é uma proposta justa e com a qual, estou certo, a sua Esposa ou filha também estarão de acordo.

Grato pela atenção que possa dar a esta proposta, informo V.Ex.a que darei conhecimento da mesma a Sua Ex.ª o Presidente da República, agradecendo
fervorosamente o apoio que tem dispensado ao seu Governo e a medidas como esta e também o aumento de impostos aos reformados e outras.

Reservo-me ainda o direito (será que tenho direitos?) de divulgar esta carta como muito bem entender.

Como V. Ex.ª não acreditará em Deus (por se considerar como tal...) e por isso dorme em paz, abraçando e beijando os seus, só lhe posso desejar que Deus lhe perdoe, porque eu não posso (jamais) perdoar-lhe.

Atentamente
19/Outubro/2007
Victor Lopes da Gama Cerqueira »

Santa Bebiana no Paúl

terça-feira, novembro 20, 2007

Rota dos Ganhões 2007

(clique no cartaz para aumentar)
Há 15 dias estive em Coimbra a realizar a Ceia medieval do post anterior com o Zé Augusto, organizada pela secção de arqueologia do ATENEU. Então parece que sobrou p´ra lá uma perna de veado e desafiámos a malta a vir a Casegas comê-la na véspera desta caminhada. Então se a malta não "roer a corda", vão poder contar com um regimento de arqueólogos todos catitas, para dar algum apoio e um ar da sua graça quando passem por gravuras. Esperemos que não falhem!!! Ai deles!
Talvez consiga convencer o David Duarte a vir expor as fotos da Rota dos Ganhões 06, ao novo espaço de exposições da Casa do Povo, que parece ter-lhe agradado. Vamos trabalhar para isso. E o senhor arquitecto SeixoRodrigues também pode vir tirar mais, pois as ultimas ficaram muito boas (estas aqui)! A ver se não se esquivam! Não é senhor Lages?

quarta-feira, novembro 14, 2007

Ceia Medieval no ATENEU de Coímbra



"Campanitas de Toledo" pelos Rebimbómalho e Freire



Cantigas de Escárnio e Mal dizer. Por Rui Damasceno, o grande!



"Laurindinha" pelos Rebimbómalho e Freire

segunda-feira, novembro 12, 2007

Paulo Bento acusa Deus de o prejudicar



O treinador sportinguista está indignado com o alegado favorecimento ao Fátima, e acusa Deus de prejudicar o Sporting: "temos provas de que o jogador que marcou o penalti contra nós disse ´Oh Meu Deus, ajuda-me!´ antes de chutar". A comissão de arbitragem da Liga está agora a estudar a possibilidade de suspender Deus por dois jogos. Quanto ao Fátima, e depois de ter derrotado o FC Porto e o Sporting, aumentam agora as possibilidades de estar na Champions League no ano que vem, além de já estar marcado um jogo contra a Selecção do Brasil que o Fátima também deverá vencer. Ronaldo Raúcho terá mesmo dito que "preferia defrontar o Scolari com luvas de boxe, do que o Fátima. Estamos todos borrados de medo, o balneário brasileiro parece uma ETAR".

quinta-feira, novembro 01, 2007

Casa do Povo com nova cara

A Casa do Povo de Casegas vem, por este meio, convidar todos os seus sócios e amigos a visitar as "novas" instalações, remodeladas e melhoradas.

Desde já os agradecimentos da Casa do Povo a todos aqueles que cederam algum do seu tempo livre ou fizeram doações que permitiram a concretização desta obra.

Vista da zona do Bar
Vista geral do salão
Pormenor do Brasão da Casa do Povo esculpido no meio do salão
(O Manjedoura passou 2 dias debruçado no chão a esculpir o brasão... eh eh eh eh!!)
Rui Carvalho e Joínha durante o merecido descanso e ainda com as roupas sujas do trabalho
Ivo, Luis Viriato, Joínha e Marco na "pseudo-inauguração"

Finalmente, o César Pires, chefe de obra que se fartou de dar o litro nesta remodelação. Julgo que todos os sócios lhe devem um sincero e profundo agradecimento, pois sem ele nada disto teria sido possível.
(O Jóia tem uma apetência para emplastro do camandro.... está em todas eh eh eh!!)