Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, março 27, 2007

Galinha dos ovos de ouro


Isto é simplesmente incrível!

Os estudantes estão de férias desde o dia 26 de Março até dia 10 de Abril, então o que é que os nossos queridos autarcas aprontaram desta vez?

Leiam só isto…:

A C.M.C., que paga parte do passe social dos estudantes, decidiu dar orientações à Auto Transportes do Fundão, no sentido de ser cobrada a totalidade do passe, mesmo nos dias em que os estudantes não utilizam ou usufruem deste meio de transporte! E como se não fosse suficientemente calamitoso, ainda resolvem cobrar o bilhete de passageiro "normal", cada vez que os desgraçados utilizem este meio de transporte durante o período de férias, pelo qual até já pagaram! Arre que é dose!!!

Disto só no país dos Rodinhas!!!! No país dos Rodinhas e em países onde premeiam biltres assassinos, ditadores e FASCISTAS OPRESSORES com o título de “melhor português ”, depois disto também já acredito que muita coisa seja possível…

E este tipo de atitudes, já está tão banalizado, que já ninguém reclama!

Porra! Quando dizemos "vão lá roubar pá estrada", não é para levarem à risca e a sério, mas pelos vistos há quem apanhe a boleia!


segunda-feira, março 26, 2007

Rota dos Pastores 07, as fotos do almoço!












Da caminhada é que parece que não veio nada!!!
Vamos começar a ter concurso de fotografia nas caminhadas!

quinta-feira, março 22, 2007

22 de Março, dia Mundial da áugua



Ó Asno, painsas que só tu é que sabes assim estes dzêres? Atão tôma lá!

De Manuel Maria Barbosa du Bocage:

"A Água"

Meus senhores eu sou a água
que lava a cara, que lava os olhos
que lava a rata e os entrefolhos
que lava a nabiça e os agriões
que lava a piça e os colhões
que lava as damas e o que está vago
pois lava as mamas e por onde cago.


Meus senhores aqui está a água
que rega a salsa e o rabanete
que lava a língua a quem faz minete
que lava o chibo mesmo da raspa
tira o cheiro a bacalhau rasca
que bebe o homem, que bebe o cão
que lava a cona e o berbigão.


Meus senhores aqui está a água
que lava os olhos e os grelinhos
que lava a cona e os paninhos
que lava o sangue das grandes lutas
que lava sérias e lava putas
apaga o lume e o borralho
e que lava as guelras ao caralho


Meus senhores aqui está a água
que rega rosas e manjericos
que lava o bidé, que lava penicos
tira mau cheiro das algibeiras
dá de beber ás fressureiras
lava a tromba a qualquer fantoche e
lava a boca depois de um broche.

Manuel Maria Barbosa du Bocage

quarta-feira, março 21, 2007

21 de Março, dia Mundial da Floresta


A comemoração oficial do Dia da Árvore teve lugar pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872. John Stirling Morton conseguiu induzir toda a população a consagrar um dia no ano à plantação ordenada de diversas árvores para resolver o problema da escassez de material lenhoso.

A Festa da Árvore rapidamente se expandiu a quase todos os países do mundo, e em Portugal comemorou-se pela primeira vez a 9 de Março de 1913.

Em 1971 e na sequência de uma proposta da Confederação Europeia de Agricultores, que mereceu o melhor acolhimento da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), foi estabelecido o Dia Florestal Mundial com o objectivo de sensibilizar as populações para a importância da floresta na manutenção da vida na Terra.

Em 21 de Março de 1972 - início da Primavera no Hemisfério Norte - foi comemorado o primeiro DIA MUNDIAL DA FLORESTA em vários países, entre os quais Portugal.

Provérbios chineses:

Saru mo ki kara ochiru: O macaco também cai da árvore = Mesmo um expert pode falhar de vez em quando.

Tamerunara wakagi no uchi: Endireite o galho enquanto a árvore é nova = É preciso corrigir os defeitos e maus hábitos enquanto é jovem, pois fica mais difícil depois de adulto.

Ki ni yotte uo o motomu: Procurar um peixe em cima da árvore = Não se alcança o objectivo sem os meios adequados.

Yanagi ni kaze to ukenagasu: Saber lidar com o oponente, em vez de desafiá-lo (assim como o salgueiro, cujos ramos se vergam com a força do vento).

Yoraba taiju no kage: Se é para procurar abrigo, que seja sob uma árvore grande = É melhor depender de pessoas ou grupos que tenham mais poder.

Yakebokkui ni hi ga tsuku: Pegar fogo em lenha queimada = Reacender uma paixão antiga.

Ki o mite mori o mizu: Ver a árvore, mas não a floresta = Deter-se no detalhe e não ver o todo.

Udo no taiboku: Grande, mas inútil.

Dia Mundial da Poesia, 21 de Março


Poeta castrado não!

Serei tudo o que disserem
por inveja ou negação:
cabeçudo dromedário
fogueira de exibição
teorema corolário
poema de mão em mão
lãzudo publicitário
malabarista cabrão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado não!

Os que entendem como eu
as linhas com que me escrevo
reconhecem o que é meu
em tudo quanto lhes devo:
ternura como já disse
sempre que faço um poema;
saudade que se partisse
me alagaria de pena;
e também uma alegria
uma coragem serena
em renegar a poesia
quando ela nos envenena.

Os que entendem como eu
a força que tem um verso
reconhecem o que é seu
quando lhes mostro o reverso:

Da fome já não se fala
- é tão vulgar que nos cansa -
mas que dizer de uma bala
num esqueleto de criança?

Do frio não reza a história
- a morte é branda e letal -
mas que dizer da memória
de uma bomba de napalm?

E o resto que pode ser
o poema dia a dia?
- Um bisturi a crescer
nas coxas de uma judia;
um filho que vai nascer
parido por asfixia?!
- Ah não me venham dizer
que é fonética a poesia!

Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituta proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado não!

Ary dos Santos, o Poeta da Revolução

sexta-feira, março 09, 2007

CAMINHADA: "ROTA DO PASTORES"



(clique sobre a imagem para visualizar melhor)

Jantar da Mulher: O rescaldo

3º Lugar- Joana com o "Chapéu Girassol"
2º Lugar- Eunice com "Chapéu de Galinhas"
1º Lugar- Inês com o "Chapéu Regador"

Houve como sempre boa adesão ao evento, da parte de miúdas e graúdas
Estava animada a festa
As organizadoras de amanhã
A Luísa como sempre a animar a malta
A Elvira, com o respectivo chapéu, arrganhou e chegou-se à lareira!

Breves à moda antiga

Ora bain, intão pa asnaler as 40.000 vsitas, aqui vão uns dzêrs à moda do cmeço du blog, à moda d´antigamaint:

-Madame Sardine, assaltada aqui à dias, arranija cumpanhêro na terra dus garrotchas.Abadidonc!
-Viúva alegre dum q s´matô à taimps, apanheda nas pocas vergonhas cu homain dôtra tamain na terra dus garrtchêros.
-Snhôr Lops, que morava na Casa da Cuncição Ilipia, nu Sant Antohno, matô-se cum tire na smana passeda.
-Hoje, a mods que já se matô ôtro...um catchôpo q´era guarda in Silvars, q tinha cumpred ma casa na volta, tamain já dsgraçô a vida...

Num há trambêl nim preposts de geint,! Eils matain-se, num se fazin garots,elas inda vão acasaler pa fora...num há diab q´aguaint!
Arre pôrra, q plu andar da carroça, um dia deists num mora cá ningain!!

quinta-feira, março 08, 2007

Parabéns mulheres de causas!

8 DE MARÇO, Dia Internacional da Mulher, o Dia de muitas DATAS


Para umas(uns) o 8 de Março, tornou-se numa data simplesmente festiva. Ele é as flores, os bombons, os jantares…

Para outras(os) o 8 de Março é o relembrar de um longo caminho - cheio de lutas, de reivindicações e nalgumas situações cheio de repressões - na procura de uma igualdade de oportunidades, a nível económico, político e social, entre mulheres e homens.

Conquistou-se o Direito ao Voto.

O Direito ao Trabalho.

O Direito a salário igual, para trabalho igual.

Trabalha-se para um novo direito Salário Igual para Trabalho de Valor Igual.

Temos Leis Boas. Há que pô-las em prática.

ainda muito para fazer.

Há que garantir a efectiva protecção da maternidade e da paternidade.

Há que garantir a estabilidade e as condições sociais, económicas e de vida às mulheres e às famílias.

Há que garantir uma articulação efectiva da vida profissional e familiar.

Há que garantir a criação de infra-estruturas sociais adequadas às necessidades das famílias.

Neste nosso dia um abraço solidário para todas as Mulheres e, de uma forma muito especial, para as que sofrem na pele:

O Desemprego,

A violência de serem humilhadas, no exercício da sua actividade profissional, na sua dignidade de trabalhadora e de cidadã.

As agressões físicas e psicológicas.

Há sempre uma saída! O Caminho faze-se caminhando.

A todas um poema de Maria Teresa Horta:

H o j e

Falo-vos hoje

irmãs

em nome das operárias mortas neste dia

queimadas numa fábrica

há quatro anos idos...

Falo-vos em nome daquelas

que ainda agora usadas

mortas pouco a pouco

de fadiga

e de fome

Falo-vos em nome das camponesas

dobradas sol a sol

o suor escorrendo,

os corpos destruídos para sempre

caladas…

Falo-vos hoje…

irmãs

sem nome de todas as mulheres

ignoradas

Em nome de todas as mulheres

oprimidas

De todas as mulheres

exploradas

De todas as mulheres

reduzidas diariamente

a NADA!

(post de finadamina em sjorgedabeira.blogspot.com)

Post da autoria da bloguista de Cebola "finadamina", a quem presto homenagem através da publicação deste post, pelo trabalho que tem desenvolvido no blog de S. Jorge da Beira, bem como na luta contra as desigualdades de oportunidades e a violação de direitos das mulheres.

Por isto tudo e para que as comemorações não se fiquem pelos jantares e no dia seguinte se deixem ser mal tratadas e sovadas em casa ou discriminadas nos locais de trabalho, desejo-vos a todas um exelente dia de afirmação e luta, em especial para a "finadamina" que não popa esforços nessa "guerra"!


quinta-feira, março 01, 2007

Arguido toda a vida? Já cheira mal...quase a esturro!

"Mim não conhecer as galinhas, nem o pinto!"


In Jornal do Fundão

(clique no artigo para aumentar)

Pois é, foi exactamente um "pirete" que o Tio Sam fez ao Zé ao ser solicitado para chibar informações acerca do autor do blog "Chiken Charles o Anti-Herói"
Fez, e na minha asinina opinião, muito bem! Até porque toda a gente já se deve ter apercebido que o moço em causa, nada tem a ver com o que supostamente se passou no capoeiro e que isto tudo já se torna um pouco “forçado”!
Estarão com receio do reverso da moeda?
Quererão ter um eterno bode expiatório através adiamentos por tempo indeterminado?

Tenho ali uma galinha empoleirada ao lado da minha loja, que já há um mês que não acorda! Aborreceu-se com a novela e agora é só borreira, já nem se conhece o pau do poleiro! Diz sonâmbula:“Cóóóó…isto já cheira pior que o Anjo Selvagem”

Não percam as cenas dos próximos capítulos de “Sitio da Galinha Amarela”, se aínda estiverem acordados claro!