Ocorreu um erro neste dispositivo

quinta-feira, julho 31, 2008

Cuidado...

O Anjinho

Faço este post porque quero deixar aqui uma nota pessoal sobre um certo tipo de ideias que têm surgido nos comentários deste blog. Tirando um ou outro mais directamente apoiante do bafiento salazarismo, que só merecem o meu desprezo, outros têm aparecido em que se deprecia o tempo actual em relação aos “tempos da outra senhora”. Muitos têm afirmado que “isto está pior que no tempo do Salazar”, que “o Sócrates é pior que o Salazar”. Não posso deixar de dizer que não podia estar mais em desacordo. Querer transformar o Bafiento em Anjinho não faz qualquer sentido. Ainda me lembro desses tempos e não os desejo de volta de maneira nenhuma. Se hoje estamos mal, então estávamos muito pior, na pobreza, na educação, na saúde, na informação, na liberdade, em tudo. É verdade que estamos a perder muitos dos direitos que se conquistaram na revolução, mas isso é culpa nossa que não saímos para a rua em sua defesa. É verdade que este o poder, cuja fachada são o Sr.Silva , o “Engenheiro” e toda a outra cambada que por aí anda, não tem parado de nos lixar, de nos arrastar para o interior de um capitalismo decrépito e num caminho que acredito poder levar-nos a uma catástrofe civilizacional mas ainda podemos denunciá-lo e, se unirmos vontades, evitá-lo. Acredito num país melhor, mais igualitário, mais solidário. Vi este povo a sê-lo quando acreditou que esse era o caminho e acredito que voltará a sê-lo se esse voltar a ser esse o caminho escolhido. Só depende de acreditarmos e da nossa vontade.

Kaos

domingo, julho 27, 2008

Sinais em Casegas não acompanham movimento de rotação da terra.




Qual o meu espanto ao deslocar-me num destes fins de semana a Casegas e verifico que a estrada estava de esguelha, o que não deixa grande imagem do projectista da obra nem tão pouco de quem aplica o erário público neste tipo de "coisas".
Mas nem tudo é mau, devemos parabenizar a empresa que coloca os sinais de trânsito, nomeadamente estes dois (entre outros), o de perigo e um dos já famosos 50 STOPs colocados na estrada Paúl-Casegas.
Assim está bem, dá gosto ser governado por esta gente! O bem feito bem parece e um sinal aprumadinho fica sempre bem!

Exesso de gravidade de candeeiros que caiem para o chão sem que ninguém lhes toque, ausência de gravidade em sinais...Hummm...
Será que é desta que os alienígenas nos vêm tirar deste cancro de planeta?

quinta-feira, julho 24, 2008

Ao meu amigo "Rodovalho"...

dedico mais este post do c...atano!

 Avaliação

Encontrei no blog “Sinistra Ministra”, da amiga Moriae, um post com um link para o documento que define as quotas de “excelentes” e “muito bons” que deverá ser aplicada aos professores. Como não sou professor não entendi muito bem o sistema, mas não posso deixar de aqui dizer que sou totalmente contra essa forma de classificação. Quem é excelente deve ser avaliado como excelente e quem é mau como mau. Alguém não deixa de ser bom profissional porque já esgotaram o numero autorizado para bons profissionais que podem existir num local de trabalho. É no mínimo ridículo e, pior ainda, vai acabar por fazer com que muitos bons profissionais sejam ultrapassados pelos “amigos”, “compadres” e pelos “lambe botas” do sistema.

E toma lá, embrulha lá mais um, gostes ou vomites!

segunda-feira, julho 21, 2008

quinta-feira, julho 17, 2008

Parece-me que andam a mamar


Pedinte

«Os funcionários públicos podem perder até 18 por cento do valor da reforma com as novas regras de aposentação da Segurança Social aprovadas em 2006 enquanto vai permitir ao Estado poupar cerca de 16 mil milhões de euros com pensões até 2020, o que representa uma poupança média de 1.300 milhões de euros por ano.»

Muito mama o estado para tão parcos resultados que nos apresenta. Alguém um dia escreveu numa cabine telefónica, “Parece que o António Calvário é gay”, mas a mim o que me parece é que andam a gastar mal o nosso dinheiro. Parece-me que há por aí quem mame demais dessa teta. Parece-me, não sei bem, parece-me.

Kaos

quarta-feira, julho 16, 2008

Futsal - Torneio de Verão

Festa do Anjo da Guarda / Torneio de Malha



(clicar para aumentar)

Lamento a pouca qualidade da imagem, foi o que me enviaram.

Semana Missionária


clicar no cartaz para aumentar

Casegas vai estar em festa na próxima semana em homenagem ao Padre Brás, grande homem da nossa terra que está a caminho dos altares.
Casegas, terra que o viu nascer e palco das festividades dos 75 anos do Instituto por ele fundado - Instituto Secular das Cooperadoras da Família.

Contamos com a sua ajuda na divulgação do evento.

Apareça e faça aparecer

Maria Matos

segunda-feira, julho 14, 2008

Correio do Leitor

Desculpem a linguagem. Desabafos destes se calhar já muita gente teve...

REVOLTADO!!!!

A este saltou-lhe a tampa... e não é o único.
Só tenho pena é de não conhecer o autor, para o poder felicitar pelo
conteúdo - brilhante texto.

"Justo é o CARALHO .
Parece que o Primeiro Ministro terá dito que desta vez os sacrifícios serão distribuídos de forma mais justa. Mais Justa é o CARALHO!!!!
São 23 horas, cheguei agora a casa e trabalhei hoje doze horas. O meu filho já esta a dormir. Este ano já paguei em impostos e multas dezenas de milhares de euros, todos os meses pago um balúrdio de TSU, tenho custos financeiros indescritíveis por causa da forma como é cobrado o IVA, pago o PEC sobre um rendimento que pode não acontecer e este filho da puta vem-me dizer que os sacrifícios serão distribuídos de forma mais justa??? O CARALHO!!!!! Tenho semanas durante o ano em que trabalho 20 horas por dia, este fim de semana não sabia sequer que dia era, no dia da greve de uma chusma de paneleiros andei na estrada a pagar portagens e a trabalhar para poder pagar impostos, comecei numa puta duma garagem sozinho e dei trabalho a uma carrada de gente a quem pago o IRS, a Segurança Social, Seguros de Trabalho e todas as
taxas que o estado me exige, não negoceio salários brutos, por isso que vão para o CARALHO com as contribuições dos trabalhadores, pago salários decentes e recuso-me a pagar o salário mínimo a seja quem for, investi e perdi, arranjei-me, voltei a investir e falhei de novo, recuperei e investi de novo e consegui. E estes paneleiros do CARALHO vêm agora dizer-me que os sacrifícios são distribuídos de forma justa???; como o Guterres que fodeu o pais todo com o rendimento mínimo garantido, a pior opção económica de sempre, nem sabem sequer o que é não dormir, desesperar, cair e levantar sem pedir um tostão que seja ao filho da puta do estado?! Nem subsidio de desemprego nem o CARALHO?! E tenho que ouvir todos os dias as queixinhas dos policias, dos funcionários públicos, dos funcionários dos correios, dos anacletos e afins, que fujo ao fisco, que exploro os trabalhadores, que tenho que pagar mais impostos, que sou um parasita?! Já paguei todos os impostos de facturas que até agora não consegui cobrar (IVA e IRC), paguei IRC sobre stocks que não sei se algum dia conseguirei vender e os sacrifícios são distribuídos de forma justa?! Justo é o CARALHO. Os 2000 funcionários da CM de Albufeira trabalham das 9h às 15h com intervalo para almoço e de caminho a mesma CM entrega e paga
serviços a empresas privadas; decidiram mudar a escada da parte velha, fecharam-na, derrubaram a antiga e colocaram a estrutura em metal,e após quinze dias retiraram a mesma estrutura e colocaram-na em madeira! E ainda queriam fazer um elevador até à praia!!! E eu pago. Num qualquer Instituto mais de 50 chulos tratam de 9(!) putos. E eu pago. Substituem administradores pagando indemnizações, contratam o Fernando Gomes e o Nuno Cardoso(!!!!). E eu pago. Inventam Institutos e Fundações. E eu pago. Inventam as SCUTS. E eu pago. O PEC. E eu pago. O Presidente apela ao patriotismo. E eu pago. Sr. Presidente, com todo o respeito que me merece: Vá-se foder!, você e os camaradas no avião fretado para irem passear para a China. A CM de Paredes de Coura faz Parques de estacionamento sem trânsito. E eu pago. O anacleto Sá Fernandes rebenta com o CARALHO do orçamento da CM de Lisboa. E eu pago. O Sócrates vai à bola de avião Falcon da Força Aérea. E eu pago. Sacrifícios???!! De quem, CARALHO?! Prestam-me um serviço de merda na saúde, a educação é tão miserável que sou obrigado a por o meu puto num colégio privado, nem me atrevo a cobrar dividas em Tribunal devido à miséria que é a Justiça. E pago. Preciso de uma puta de uma cirurgia e tenho dezasseis mil pessoas em lista de espera, pelo que se não tivesse um seguro de saúde estaria como milhares de desgraçados que se calhar já morreram. E eu e eles pagamos. Os sacrifícios são distribuídos de forma justa? Como, CARALHO?! E aquela esfinge paneleira de óculos que preside ao Banco de Portugal, que ganha mais que o secretário do tesouro dos E.U.A., está à espera de colectar mais 0,03% do PIB com o aumento do IVA? Pois tenho uma pequenina novidade para o reconhecido génio. Talhos, advogados, lares,lojas de moveis e outros pequenos negócios que conheço já têm a
contabilidade e pagam impostos em Espanha e eu, assim seja possível, no ano da graça de 2008 pagarei todo o IVA,! IRC e contribuições em Vigo. A chulice destes filhos da puta que vá cobrar ao CARALHO!!! E quero que se foda a solidariedade e a conversa de merda porque não me sai do corpo para o dar a chulos. Por alma de quem? Mais Justo??!! '
Pois é meus amigos, Justo é o CARALHO QUE O FODA!!!!!!!!!!! .,_

MAI NADA ..............................................

AC"

quinta-feira, julho 10, 2008

Esta do 1% nem trouxas engana

A Menina do Gás

Menina do Gas

Todos nós, via internet ou mail pudemos ver as vergonhosas facturas da venda de botijas de gás da GALP, onde apesar de o IVA ser diferente o preço de quem as comprou ter sido exactamente o mesmo. Isto é, quem “mamou” a descida do IVA foi a GALP e não o consumidor. Confrontado com este caso o Ministro Manuel Pinho logo afirmou que ia pôr as policias todas deste país a investigar o assunto. A GALP pelo seu lado logo fez um comunicado a “esclarecer que cumpriu, como sempre o fez, a legislação em vigor, tendo reduzido o IVA de 21% para 20% em todos os produtos que comercializa de acordo com as especificidades da lei vigente”. “Em relação às facturas que têm vindo a ser referidas nos órgãos de comunicação social, tratou-se de um erro informático”.
Realmente a informática tem as costas bem largas quando dá jeito a alguns, mas nós consumidores há muito que sofremos na pele a ganância das grandes gasolineiras e a GALP não fica de fora. Não fica, mas deveria ficar se o estado não tivesse oferecido uma empresa, que era sua, à gula dos grandes capitalistas. O Estado deveria sempre ter grandes empresas nas áreas estratégicas da economia, combustíveis, electricidade, água, transportes, Banca. Só assim seria possível controlar os preços e evitar a especulação e a ganância privada. Para lavarem a consciência, criaram as tristemente famosas “Entidades reguladoras” que já provaram não ter capacidade para regular seja o que for. Viu-se no aumento dos combustíveis que não tinham a mínima ideia do que se passava e, quando mandados investigar, que podiam ser “endrominados” à vontade. Em alguns casos são mesmo essas entidades a fazer propostas para facilitar às empresas que deviam regular como nos meterem mais as mãos no bolso.
Infelizmente, estas “meninas do gás”, que nos oferecem botijas mais leves acabam é por ser grandes tetas onde alguns não param de mamar.

segunda-feira, julho 07, 2008

S.O.S. Estes já ocuparam o antigo ensaio da banda! Falta o principal...



Fazia aqui um pedido aos donos destes bombos, que ao que parece são mais que muitos:

Até que se consigam comprar ou fabricar uns bombos, fizessem o favor de (em vez de estarem guardados) emprestarem estes bombos a este grupo de jovens, com o fim de formarem um grupo de musica etnográfica.

A Casa do Povo responsabilizar-se-ia por qualquer sinistro que os bombos possam vir a sofrer, qualquer reparação e manutenção dos mesmos.

Sem bombos é que não dá para "arrancar". Ou caso alguém tenha algum encostado em casa que queira ceder, ficaríamos gratos.
Penso que um grupo musical destes será de salutar numa terra cada vez mais desertificada e menos atractiva para os jovens.

A tradição ainda é o que era no que toca a vasos nos santos populares

Haverá quem se espante, mas em Casegas a malta nova não falha um ano a "roubar " vasos durante a noite de Santos populares para decorar a rua principal, esta é uma tradição cuja idade se perde nos tempos...
Há quem diga que é no S.Pedro, há quem diga que é no S.João, mas curiosamente são as pessoas que não querem que seja em dia algum, que o dizem, talvez para despistarem os putos! Hehe!



Afinal sempre consegui fotos dos vasos, é que como andava na distribuição do Burlhão e já andava o Luís a apanhá-los de manhã cedo, quando acabei já só havia na vinha.
Chegaram tarde mas chegaram.
O ano mais caricato de que me lembro foi um ano em que se roubaram juntamente com os vasos, os lençóis da Sra Helena, que morava de trás da Igreja(estes ficaram em cima daquelas duas árvores da entrada da igreja pareciam dois fantasmas. Agora até lá faziam falta para as tapar, pois classificá-las de horríveis é um elogio! Destruíram-nas por completo), dois bidons duma obra que o Pnório trazia no Cramoço e a Bike do Pardal (ainda não era nenhuma destas)!
Vejam lá que já na altura a bicicleta do pardal se atravessava no meu caminho! Há uns 15 ou 20 anos...
Já não me recordo se foi no mesmo ano em que tentámos levar os vasos enormes de cimento da Carvalha, episódio frustrante para nós, pois apareceu a Ti Maria José Carvalha a ameaçar com a GNR. A sorte é que ia um primo a pegar, o nosso Atunespereira que também era um salta-a-strada dos bons e acabámos por nos safar à pala dele, o outro que também ia a pegar acho que era o "Antonho Pedro", o Pedro Saraiva que também era dos frescos. Eu ainda não podia com os grandes hehe!

Casegas Vai Nua mais uma vez na imprensa regional

Em Flagrante
Segunda-Feira, 07 de Julho de 2008
ASSINA - http://casegas.blogspot.com/


No Comentário Diário, fala-se hoje de profissões tradicionais. Os jogos também têm a sua tradição própria. Na foto, uma partida de jogo do Rolho, onde a pontaria é o seu melhor amigo, publicada no blogue Casegas É lá que está também uma análise bem elucidativa sobre a importância do jogo: “Cruzam-se várias gerações numa competição saudável, sem árbitro nem sorte... Apenas a perícia do jogar dita a pontuação final. Por isso se nunca jogaste, escolhe bem o parceiro ou arriscaste a pagar cerveja a tarde toda”. É saudável, se o álcool não for quantidade industriais…

Publicado aqui

Goste-se ou não se goste, o Casegas Vai Nua é a "instituição" que leva o nome de Casegas mais longe.

A Pátria do quintal dos malandros

Bilderberg 2008



"Braudel já pensava que a história não muda ao ritmo das necessidades sociais. Vamos ter que nos assoar durante muito tempo com a mesma trampa de sempre: Infelizmente!!!...Por alguma razão GUERRA JUNQUEIRO foi excluído dos programas escolares....É um autor inconveniente em tempo de conformismos...Incomoda, não é? Pois é!!!!!

Diz-se (dizemos) que estamos em maré de grandes vultos da escrita portuguesa e das suas opiniões acerca da política portuguesa.

Vejam, porém, o que Guerra Junqueiro dizia do comportamento do povo português e dos partidos políticos maioritários da altura (dois, por sinal...), e como hoje, passados mais de 100 anos, tal testemunho se aplica sem necessidade de alterar uma virgula que seja....

 “10 junho


Pátria

'Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas; um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai; um povo, enfim, que eu adoro, porque sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um lampejo misterioso da alma nacional, reflexo de astro em silêncio escuro de lagoa morta.
[.] Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados na vida íntima, descambam na vida pública em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira à falsificação, da violência ao roubo, donde provém que na política portuguesa sucedam, entre a indiferença geral, escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro.
Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado de quarto do moderador; e este, finalmente, tornado absoluto pela abdicação unânime do País.
A justiça ao arbítrio da Política, torcendo-lhe a vara ao ponto de fazer dela saca-rolhas.
Dois partidos sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes, vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades do mesmo zero, e não se malgando e fundindo, apesar disso, pela razão que alguém deu no parlamento, de não caberem todos duma vez na mesma sala de jantar.'

Guerra Junqueiro 1896"

Por Casimiro Santos

Boa malha Casimiro!
Urge tocar nas feridas e denunciar a cambada de pantomineiros e sevandijas do Guerra Junqueiro. Há que correr com eles e começando já em 2009, acabando com estas maiorias "democráticas"
que camuflam estes pequenos ditadores sem escrúpulos que fazem definhar o país aos poucos, para que esta gentinha, os malandros e os compinchas do clube Bilderberg se banquetearem alternadamente à custa do povo.
É uma irresponsabilidade de todos os que não lutam, não procurar um futuro melhor para os que cá vão deixar.

sábado, julho 05, 2008

Merda, CHCB, Jardim do Lago e défice num sitio que eu cá sei.


Pois é amigos e outros, um dia depois do aniversário, um dia como outros sem grandes celebrações ou motivos para tal, recebo a prenda que já se torna habitual: Ti Alzira para o Hospital…

Mas não é de alegrias nem de tristeza que vos quero falar, quero falar-vos duma puta duma mania que apanhei e com que sonho todos os dias…

Epah, então não é que agora, eu, que tenho dificuldades em adormecer pensando nas adversidades da vida e do mundo, em vez de sonhar com carneiros a saltar cercas, não é que me dá para sonhar com Hospitais “assaltar” para cima de mim, que raio de mania de perseguição que esta merda não me passa (aproveitava para dar o recado aos senhores que elaboram os correctores automáticos do Word e dizer que a palavra “merda” existe e é bem portuguesa! Olha, engraçado “Word” é inglês e não dá erro! OK…Olha,”ok” também não…)!

BUUUUUH - dizem os hospitais aos saltos - Vou perseguir-te toda a vida e comer-te BUUUH!

E não me largam e não consigo acordar. É claro que de manhã, chego à conclusão que tenho esta coisa da mania das perseguições (com a outra dos alcoviteiras que continuam a pavonear-se com esmero exibindo os seus dotes na arte do corte e costura, porém ainda com algumas deficiências, uma vez que só conseguem costurar costas de casaco. Assim não dá, compro aos chineses!).

Epah, e começo a pensar que estou maluco, vejam lá que depois do sonho que tive que relatei NESTE POST sonhei que tinha ido hoje, à visitas das 20h00 ao CHCB (Centro Hospitalar da Cova da Beira) o Motel da Covilhã, que desta vez me apareceu no sonho como Jardim do Lago…

Ena pá, sonhei:

- Queres ver que é desta, e com a turra de calor que está, que me aparecem aqui umas ornitorrincas boazonas ou umas marrecas mudas!!!

Ora, era bom demais para ser verdade…o sonho era mais um pesadelo de hospitaisinhos “assaltar” para cima de mim, com défice reduzido com apregoa à boca cheia os senhor director AQUI à custa dos pesadelos dos utentes !

Sonhei que a minha mãe estava num quarto de 4 camas com temperatura seguramente, acima dos 30º, (garanto-vos, tinha a cama toda molhada quando acordei).

Mas depois aquilo ficou esquisito, comecei a ver pessoas, muitas pessoas…MAIS DE VINTE!!! SIM VINTE seguramente, mais dois: eu e a minha mãe. Nem sei como coubemos todos no “sonho”!

Minha mãe arfava, sem se queixar como de costume, tendo em conta que “nosso senhor” é que põe e dispõe “nisto”, não tem nada que se queixar, porque “nosso senhor” quer assim e ninguém tem nada que reclamar e tem sorte por haver cemitérios e essas coisas boas todas e hospitaizinhos de merda às riscas e ás cores para todos os gostos! O que importa é o ter poucas despesas ou nenhumas.

Eu, transpirava por todo lado…txxiiiiiiiiiiiiii, não pode ser, dirigi-me ao pessoal de serviço e perguntei:

Desculpem interromper, mas já viram a multidão que está naquele quarto?

E qual o meu espanto, quando sonhei que me disseram que o acesso de visitas, é apenas controlado na visita das 14h00, nas das 20h00€ é a Happy-Hour Anarchist! Ca fixeeee! Será que fazem Rave-Parties? Ganzas? Não…?

Pergunto:

- Então ninguém controla as pessoas que acedem? E parece que a orientação, não é mesmo nesse sentido…Ao que pergunto. “Então mas isto é um hospital ou é o Jardim do Lago?”.O pessoal de serviço imponente e porque se apercebeu que eu estava a sonhar, pouco pode responder e desculpou-se da forma que pôde e bolinha baixa, afinal PS é governo e muito S.E.P. num hospital de baixo défice onde para não variar, predomina o “ou baixas a bola ou ficas sem contracto”

É mesmo uma rebaldaria…com um avontade destes, sorte tenho eu que não tenho filhos recém nascidos, porque se lhes dá para começar a roubar mães no hospital da Covilhã, vai ser um “vê se te avias!”

Ainda sugeri num momento de insanidade: “Porque não deixam morrer toda a gente! Imaginem a poupança! Faria desta administração, Nobel da Economia!”
AAAAHHHHH! Acordei! Que raio de mania de perseguição que eu tenho, bolas!
Neste ainda pagaram os aquecedores, vamos a ver no que dará a próxima.

Também neste pesadelo estava o gabinete do utente encerrado, mas amanhã vou sonhar com uma reclamação no livro amarelo e com o Senhor Director a meter o défice do seu hospital, num sitio que eu cá sei, com as pernadas mal esgalhadas e cheias de carcódea, mas antes tomo uns comprimidos para dormir, e dos fortes que para que dure mais o empalamento!!!


sexta-feira, julho 04, 2008

Nacionalidade de Adão e Eva...



Um alemão, um francês, um inglês e um português comentam sobre um quadro de Adão e Eva no Paraíso.
Observa o alemão: «Olhem que perfeição de corpos: ela esbelta e esguia, ele com este corpo atlético, os músculos perfilados... Devem ser alemães».

Imediatamente, o francês reage: «Não acredito. É evidente o erotismo que se desprende de ambas as figuras... Ela tão feminina... Ele tão masculino... Sabem que em breve chegará a tentação... Devem ser franceses.

Movendo negativamente a cabeça, o inglês comenta: «Que nada! Notem... A serenidade dos seus rostos, a delicadeza da pose, a sobriedade do gesto. Só podem ser ingleses».

Depois de alguns segundos mais de contemplação, o português exclama: «Não concordo. Olhem bem: não têm roupa, não têm sapatos, não têm casa, só têm uma maçã para comer, não protestam e ainda pensam que estão no Paraíso. São portugueses!!!!»

Gamado ao Mafia da Cova

quarta-feira, julho 02, 2008

Rota das Maçarocas



Este slideshow foi gamado ao blog do Núcleo de Caminhadas da Casa do Povo (Casa do Povo, mãe e única fundadora do Núcleo de Caminhadas da CPC), que por sua vez gamou em www.slide.com
Mais em Blog Núcleo de Caminhadas da Casa do Povo de Casegas