Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Procura-se cornudo




Pois é amiguinhos, cá estou eu de volta! Sim, Manjedoura, Rui Jorge Bernardo Costa, o presidente mais polémico da história da Casa do Povo de Casegas, chama nomes a anónimos e cornudos na Internet e os bois pelos nomes!

“O que foi desta vez?”

- É simples:

Misteriosamente entre a uma e as duas da manhã de Sexta para Sábado, passou um bovino com uns cornos tão grandes, tão grandes, mas tão grandes mesmo, que conseguiu arrancar dois cartazes com cerca de um metro que divulgavam o Carnaval na Casa do Povo, localizados um na vitrina do talho e outro na parede da casa do Ti Armando Gomes. É obra!

Quem avistar o bovino digno de entrar no Livro do Guiness com o recorde “O maior cornudo de sempre”, com um cartaz de nove folhas A4 de cores diferentes, pendurado em cada corno, é favor informar-me o contacto para que lhe seja feita a devida homenagem.
Não me queria deitar a adivinhar, mas um dos dois espécimes desta rara sub-raça de “bardamerdaseternamentecontratudoquemexe”, que passaram este fim-de-semana em Casegas, terá sido certamente.

Com uns cornos tão grandes é normal que doam na base junto à cabeça.

Citando Alberto João jardim dirigindo-se aos jornalista do continente, “a esses bastardos que é para não ter de os chamar filhos da puta” faço saber que já estou a imprimir novos, e se quiserem repetir o feito heróico, o padeiro desta vez tira fotografia.
Já T´xquim Bernardo, homem de sete ofícios e saber popular dizia:

“Quem pega com quem não bole, quer que lhe toquem no fole”

Não se admite! Esta direcção tem inclusive tido a sensibilidade de nem sequer afixar cartazes nos cafés, caso os eventos entrem notoriamente em concorrência com os estabelecimentos, pois achamos ser o mais correcto. Não vejo que incómodo pudessem causar a não ser aos cornos que ali rasparam.

É por estes e por outros marranços que já ninguém pára nesta terra.

Este post é pessoal e da minha inteira responsabilidade.

PS: O que estava na vitrine do talho antigo também não escapou à dor de corno do bicho que tanta ira lhe causa! Passei lá há pouco e também já foi rasgado!

Há gente que não presta mesmo!

19 comentários:

Anónimo disse...

filhas da puta mesmo!

Fernão Duque disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernão Duque disse...

Quando esse cornudo for encontrado à que chamar o veterinário para que seja levado para abate!

Egas disse...

É de facto lamentável o acto de vandalismo!!

Freire disse...

Eh pá: quando o encontrarem mandem-no para Coimbra que aqui há cartazes a mais. O Presidente da Câmara agradece e nós também. Cornudos desses fazem cá falta!

Anónimo disse...

Esse gajo devia andar atrás era do ministro da saúde!

Anónimo disse...

era apanhar o kubarde e matalo

Anónimo disse...

oh pa ,deixai essas ideias assinias.se calhar ,como e carnaval,tirou-os para ,com o papel, fazer a mascara.

Entrudo disse...

Triste acto apenas comparável à triste linguagem que aqui corre.

Parece não ser por engano que rotulam Casegas da "terra dos assassinos".

Calma e serenidade meus senhores.

Anónimo disse...

Será k era preciso meter requerimento à Junta de Bois?

Manjedoura disse...

Por causa de comparações como essas é que este tipo de actos se continuam a dar...é como que um consentimento camuflado "ai, coitadinhos, arrancaram os cartazes todos e agora aínda os chamam nomes, que indecente".
Sabe o senhor entrudo o preço de um tinteiro? Quer fazer um donativo? Estes por acaso foram impressos em minha casa na 1ª e 2ª vez, fiquei sem preto...apelo então á sua sensibilidade e queira oferecer-me um novo. Terei todo o gosto em fornecer-lhe e marca e modelo da impressora.
Penso que a linguagem utilizada, tendo em conta o acto, é mais que adequada caro entrudo!
Até lhe digo meis...fui muito dócil...
Olhe, se é assim tão sensivel, não leia o meu post seguinte, vai ter bolinha vermelha!

Entretanto deixo-lhe esta sugestão de leitura:
http://www.santuario-fatima.pt/portal/

Ah, olhe, só a titulo de curiosidade, os cartazes de uma excursão religiosa que estava afixados, também não escaparam ao bovino.

Fernão Duque disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernão Duque disse...

Dá-me ideia que o sr entrudo deve ser amigo do bovino!
Assassinos são pessoas como o sr que gostam de apreciar os estragos que pela nossa terra são feitos!
Pelo comenténtário aqui deixado pelo tudo leva a crer que esta é uma daquelas pessoas que quando a nossa terra andou rodeada em chamas andou a tirar fotografias!

Anónimo disse...

Mais uma triste imagem que a nossa terra natal deixa por esse mundo fora. Continua-se a estragar em vez de ajudar a melhorar.

carroça disse...

Simplesmente lamentável!

Anónimo disse...

HÁ MESMO GENTE QUE NÃO PRESTA, E NESTA TERRA ABUNDAM

piranezi disse...

É de lamentar estes últimos acontecimentos pela nossa terra.
Gente que foi criada sem educação, não sabem o que é a democracia, são capaz de saltar por cima de toda a gente para atingir o fim deles, sem pensar que quando acaba a liberdade deles começam a dos outros.
Muita gente tem que sair para ver de vida e gente boa, essa cambada é obrigada a ficar ai porque não os querem nos outros lados.

Anónimo disse...

Perfeitamente de acordo com as ideias mas não com a linguagem empregue

Asno disse...

Não diria o mesmo.
A linguagem, é a portuguesa. Achei adequadissima ao bicho.
Arranje um nick anónimo.
Obrigado.

Cumprimentos asininos a todos e bom carnaval!