Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, julho 05, 2008

Merda, CHCB, Jardim do Lago e défice num sitio que eu cá sei.


Pois é amigos e outros, um dia depois do aniversário, um dia como outros sem grandes celebrações ou motivos para tal, recebo a prenda que já se torna habitual: Ti Alzira para o Hospital…

Mas não é de alegrias nem de tristeza que vos quero falar, quero falar-vos duma puta duma mania que apanhei e com que sonho todos os dias…

Epah, então não é que agora, eu, que tenho dificuldades em adormecer pensando nas adversidades da vida e do mundo, em vez de sonhar com carneiros a saltar cercas, não é que me dá para sonhar com Hospitais “assaltar” para cima de mim, que raio de mania de perseguição que esta merda não me passa (aproveitava para dar o recado aos senhores que elaboram os correctores automáticos do Word e dizer que a palavra “merda” existe e é bem portuguesa! Olha, engraçado “Word” é inglês e não dá erro! OK…Olha,”ok” também não…)!

BUUUUUH - dizem os hospitais aos saltos - Vou perseguir-te toda a vida e comer-te BUUUH!

E não me largam e não consigo acordar. É claro que de manhã, chego à conclusão que tenho esta coisa da mania das perseguições (com a outra dos alcoviteiras que continuam a pavonear-se com esmero exibindo os seus dotes na arte do corte e costura, porém ainda com algumas deficiências, uma vez que só conseguem costurar costas de casaco. Assim não dá, compro aos chineses!).

Epah, e começo a pensar que estou maluco, vejam lá que depois do sonho que tive que relatei NESTE POST sonhei que tinha ido hoje, à visitas das 20h00 ao CHCB (Centro Hospitalar da Cova da Beira) o Motel da Covilhã, que desta vez me apareceu no sonho como Jardim do Lago…

Ena pá, sonhei:

- Queres ver que é desta, e com a turra de calor que está, que me aparecem aqui umas ornitorrincas boazonas ou umas marrecas mudas!!!

Ora, era bom demais para ser verdade…o sonho era mais um pesadelo de hospitaisinhos “assaltar” para cima de mim, com défice reduzido com apregoa à boca cheia os senhor director AQUI à custa dos pesadelos dos utentes !

Sonhei que a minha mãe estava num quarto de 4 camas com temperatura seguramente, acima dos 30º, (garanto-vos, tinha a cama toda molhada quando acordei).

Mas depois aquilo ficou esquisito, comecei a ver pessoas, muitas pessoas…MAIS DE VINTE!!! SIM VINTE seguramente, mais dois: eu e a minha mãe. Nem sei como coubemos todos no “sonho”!

Minha mãe arfava, sem se queixar como de costume, tendo em conta que “nosso senhor” é que põe e dispõe “nisto”, não tem nada que se queixar, porque “nosso senhor” quer assim e ninguém tem nada que reclamar e tem sorte por haver cemitérios e essas coisas boas todas e hospitaizinhos de merda às riscas e ás cores para todos os gostos! O que importa é o ter poucas despesas ou nenhumas.

Eu, transpirava por todo lado…txxiiiiiiiiiiiiii, não pode ser, dirigi-me ao pessoal de serviço e perguntei:

Desculpem interromper, mas já viram a multidão que está naquele quarto?

E qual o meu espanto, quando sonhei que me disseram que o acesso de visitas, é apenas controlado na visita das 14h00, nas das 20h00€ é a Happy-Hour Anarchist! Ca fixeeee! Será que fazem Rave-Parties? Ganzas? Não…?

Pergunto:

- Então ninguém controla as pessoas que acedem? E parece que a orientação, não é mesmo nesse sentido…Ao que pergunto. “Então mas isto é um hospital ou é o Jardim do Lago?”.O pessoal de serviço imponente e porque se apercebeu que eu estava a sonhar, pouco pode responder e desculpou-se da forma que pôde e bolinha baixa, afinal PS é governo e muito S.E.P. num hospital de baixo défice onde para não variar, predomina o “ou baixas a bola ou ficas sem contracto”

É mesmo uma rebaldaria…com um avontade destes, sorte tenho eu que não tenho filhos recém nascidos, porque se lhes dá para começar a roubar mães no hospital da Covilhã, vai ser um “vê se te avias!”

Ainda sugeri num momento de insanidade: “Porque não deixam morrer toda a gente! Imaginem a poupança! Faria desta administração, Nobel da Economia!”
AAAAHHHHH! Acordei! Que raio de mania de perseguição que eu tenho, bolas!
Neste ainda pagaram os aquecedores, vamos a ver no que dará a próxima.

Também neste pesadelo estava o gabinete do utente encerrado, mas amanhã vou sonhar com uma reclamação no livro amarelo e com o Senhor Director a meter o défice do seu hospital, num sitio que eu cá sei, com as pernadas mal esgalhadas e cheias de carcódea, mas antes tomo uns comprimidos para dormir, e dos fortes que para que dure mais o empalamento!!!


1 comentário:

Anónimo disse...

As melhoras. Para a tua mãe, que para ti...