Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, outubro 09, 2009

Taimp d´antaina du PPF (partide du prate dus fijõinj)



Cumnicad à nação

PPF
Eu é que vô pá junta e aqui tá o mê prigrama:

Sou um bronco sem coragem

Um pobre lapuz artolas

Sou arrogante e autoritário

Um auto gabarolas


Uso o nome das pessoas

Mesmo sem autorização

Minto, “é para outro efeito”

Congratulo-me, sou um burlão


Sou um grande milagreiro

O rei dos anacletos,

Consigo pôr a escrever cartas

Caprinos fachos, mulas e analfabetos


Sou fascista anti-democrata

Não suporto comunistas

Tiraram-me lugares na assembleia

Só me faltavam os socialistas


Nas últimas foi por pouco

Ai, quase que ia de vela

Teria de regressar às origens

Assim sem tacho nem panela


Não reconheço mais partidos na assembleia!

Sou o galo da capoeira!

Para a campanha da ignorância

De Junta levo a bandeira


Enviaram noticia para o jornal

Foi o barbas, o da Casa do Povo?

Não vou à festa dos mineiros

Sou um burro…mas que há de novo?


Ai que coisa tão grande!!!

Também quero uma fotografia!

Sorriam, olha o passarinho!

Txiiii, parece a página da necrologia…


Venham todos, venham todos,

é preciso é molhada

Competência para quê?

Que fizer monte tem tachada


Ai, sinto-me tão moralista

Davam jeito umas beatas

Falsas fieis ou infiéis

Porra! Nem que posem carrapatas!


E do hotel “Apartidário”

A escola dos beatitos

Vou lá pedir ajuda

Que também lá ficam bonitos…taditos


Tenho de fazer bem a coisa

Isto não é todos os dias

O amigo diácono remédios?

O tal das mamografias?


Também eu sou ingenheiro

Calçada? Cimento é que é belo

Cimento tudo, decalco ferrito

Dos preguiçosos é este paralelo


Cabazes e sardinhas já não cola

Estou a perder a estribeiras

Que irei fazer à minha vida

Já sei! Cimentar umas soleiras!


Estou tão envergonhado,

Gostava se fazer coisas boas

Então mas para me auto elogiar

Escondo-me atrás de simples pessoas…


Ai que me falta a moral

Ai que mau para a minha imagem

Será desta que serei linchado

Por esta falta de coragem?


Seja o que deus quiser

Pode ser que não dê merda

Talvez continue a enganar,

Tanta gente lerda


Ai que me falta a competência

Ai estou feito um catrapão

Lá terei que meter no tacho

Politica, solidariedade social e religião


Ai que grande barracada

Uma manchete meritória

Tenho que dar o meu apoio

P´ra ter tacho e cantar vitória

Ai ajuda-me tanto tanto

Sua obrigação, mas tanto já atrapalha

Vou fazer-lhe uma cartita

Que se lixe o padeiro e a Lurdes Carvalha


Sei umas rimasitas

Sou o rei dos poetas

Se perder dou em doido

Ou então borro as cuecas…


Neste Domigo, botem Almocreve!


10 comentários:

Anónimo disse...

Fantástico, bela maneira de começar o dia, com uma bela gargalhada.
Almocreve se te apanham fazem-te a folha.
Grande poeta, parabêns

Anónimo disse...

Cuidado que eles andam aí
Vai se passar o mesmo que á uns anos atrás
Quando o falecido padre António correu com
O João soares da junta. O pai de um escroque
da lista do senhor da ramagem andou
aos tiros e o João soares agarrou numa cavaca,
quando saiu do escrutínio sabendo que tinha perdido
empurrou o padre António mandando-o ao chão.
Por isso apelo que estejam preparados para o que der e vier
Vamos dar um voto de confiança ao Quim To,
Para arrumar a escumalha de vês

Anónimo disse...

Este pode não ter jeito nenhum para governarl, mas até tem jeito para poeta.
E viva os naftalinos...

Anónimo disse...

lolololo
boa boa

Anónimo disse...

Deitar foguetes antes da Festa...não me parece de bom tom.

Anónimo disse...

Então? nem coligados conseguiram?
Ouvi agora na rádio que o SENHOR Ramos voltou a ganhar. Força SENHOR PRESIDENTE!

Anónimo disse...

Sr. Almocreve, como se denomina aqui no blog, tenho a dizer-lhe que sei quem se esconde por trás desse nome. Tal como muitos textos escritos aqui por si a maneira como expressa o pensamento, a maneira como articula as palavras não deixa duvidas quem de facto se esconde por trás.
Contudo mantenho o seu anonimato pois muita coisa mudaria se tal fosse descoberto. Cuidado com o que escreve por aqui porque o mundo é pequeno.

Asno disse...

Anda aí a PIDE ou são só os tacanhos?

@lm0creve disse...

ó snhor anónmo, atão vamcê num num me mand prinder.
Ê só cá puz u que amandarem...
Ê nim vô botar

Anónimo disse...

não vale a pena vir para aqui com ironias Sr. Almocreve porque só se deixa enganar quem quer. Obviamente que não anda por ai a pide Sr. "Asno" por aqui anda é muita gente dissimulada que se quer esconder por detrás de nomes que pensam que podem esconder para toda a vida. Assim como muitas que por aqui escrevem por aquilo que dizem e como dizem são faceis de identificar. Já agora faço tb o mesmo para manter a tradição do blog.
O Rui, "manjedora", é o unico de louvar porque não tem qulaquer problema em identificar-se.