Ocorreu um erro neste dispositivo

domingo, outubro 11, 2009

E deu mesmo...da grossa



E viva a tacanhice. Mais uma vez....

PSD- 223 votos/ PS - 171 votos
Diferença de 52 votos

O Isaltino e o Major Valentão (agora rejeitados pelo PSD) também ganharam, só faltou a Fatinha Felgueiras (rejeitada agora pelo PS) para compor o ramo...

Lembrar só toda a "comunidade anti-pouca vergonha" de Casegas, que não é só no natal que nos devemos lembrar dos sem abrigo e das crianças que passam fome e que o Natal é todos os dias.
E que comece a ver de uma vez por todas, com olhos de ver e sem tabus, o poder da Igreja e instituições equiparadas, sobre a comunidade caseguense aquando das eleições.
Não querem ver?
Não vejam....deixem andar o barco....

29 comentários:

Anónimo disse...

Era Empala-los.

Anónimo disse...

Já aqui tinha dito que era de prever,todos falam,mas na hora da verdade o medo impera e podia dar no que deu em Ermelo.Enfim pensem que será apenas por + quatro.Haja paciencia.

Anónimo disse...

Parabens aos vencedores.
Coitadito do quim tózito e da sua equipa deixem lá ganho para a proxima, de uma vez que a nova lei não permite que os outros se voltem a candidatar, eu sinto muito não poder fazer nada, mas o meu voto não xegou para ganhar, deixem lá. para a proxima é que é, isto não é facil, penssavam voçês que iam ganhar eles são os elos mais fortes.

Anónimo disse...

vejo que a dor de corno ainda se mantem por aqui! Só pode ser mais um apoiante do Sr. Joaquim Antonio o lider do esquadrão da morte

Pimenta disse...

É pena que a ignorancia das pessoas seja tão extensa! Ai, ai, esta gente não tem um pingo de vergonha na cara, votando apenas por interesse. É triste ficarmos novamente mais quatro anos na ignorancia e na decadência comparando-nos às outars freguesias...
TENHO VERGONHA DE SER CASEGUENSE!

Anónimo disse...

Será que os papalvos não enxergam que jogaram com os trunfos todos e mesmo assim só têm mais um mandato na Assembleia?
Tiveram do lado deles a ignorância e o servilismo; os meios da Junta e do Centro de Dia; o apoio do Sr Carlos Pinto a menos de um mês das eleições com direito a festa paga com o dinheiro dos contribuintes; as promessas de emprego na Junta e Centro de Dia; as obritas e favores de última da hora.

Triste Povo que tem pessoas que se vendem por um saco de cimento ou acreditam em promessas de emprego. Só se for nas indústrias que vão instalar-se nas novas zonas industriais que estão prometidas.
Por acaso passaram os olhos pelas promessas eleitorais feitas há 4 anos? Por acaso conhecem as promessas que foram cumpridas e as obras que foram feitas? E depois não gostam que os tratem por papalvos.

Já agora permitam-me um conselho. Escolham para a Assembleia pessoas com ideias e capacidade de intervenção e não cordeiritos como os que lá tiveram no mandato que agora termina, o que me parece difícil pela panóplia de figurantes da casa da Sra Julieta, onde se salva apenas um ou outro candidato. Alguns devem mesmo ter gasto a língua a lamber botas pois entraram mudos e saíram calados.

Voltamos ao tempo da trilogia do Deus, Pátria e Família

Anónimo disse...

Tou mesmo e ver que a maior parte dos Casegueses andam mas é com a merda a frente dos olhos, é triste, mas mesmo muito triste...

Anónimo disse...

A todos os que estão por trás deste blog, anónimos caseguenses que vivem indiscutivelmente na sombra, a lição foi dada nas urnas.
Quando falam em ingnorância, olhem para as vossas albardas!
Bloquistas, comunistas e socialistas: respeitem a vontade do povo e sejam democratas com "D" grande!

Anónimo disse...

Bem... ganda nóia...

Realmente a lista do PS cometeu um grave erro de política local... não colocar as cerca de 200 pessoas necessárias à eleição na lista... LOL... não percebo pq é q numa eleição onde só há de uma dezena de lugares elegiveis parece uma lista com cerca de 30... depois claro... é sempre a multiplicar plas famílias... ganha quem onseguir juntar mais famílias numa lista!! LOL!

Em terra de cegos, quem tem olho é rei!!...

Anónimo disse...

Mas não foi o Ramos que ganhou? Mas, o que leio aqui, não se chama mau perder? Aceito a vontade dos votantes, embora não tivesse sido a minha. Haja civismo. A civilização passa tb por aí. Incompetentes são aqueles que não tendo capacidade para fazer passar asa suas propostas veem agora deitar abaixo os que os venceram. Eu fui derrotado, mas aceito a derrota. Aceito que há diferenças.

Anónimo disse...

Olha olha é so moral eu quero ver essas assenbleias se falam. Mas nen tudo esta perdido tao ai as eleicoes do centro de dia acabem de uma vez por todas com a teoria de que qem é presidente da junta tambem é do centro de dia,mu dem os estatutos facam com que isso seja proibido essa foi uma ideia muito estupida mas o ex tambem gostava de ser rei. So falta a casa do povo para o momopolio total. esta terra sempre foi conhecida pelos doutore cheguem-se a frente ou ja se esqueceram onde aprenderam a andar? Anda ai muito boa gente reformada com capacidades,nao deixem morrer CASEGAS

Anónimo disse...

Para o corajoso das 11.05 deixo um repto. Identifique-se já que é tão corajoso.
Se lhe prometeram alguma coisa espere sentado.....pois vai ter que esperar pois por agora acabou-se o dinheirito que alimenta o poder local corrupto.
Acabem com as eleições e profissionalizem a gestão autárquica com pessoas competentes admitidas por uma Entidade competente e através de concurso. Os 714,41€ que custam os Abonos recebidos mensalmente pelo Presidente da Junta, tesoureiro e Secretário quase chegavam para o salário dum "gestor" Autárquico. Certamente existem pessoas competentes com formação académica para preencherem esses lugares Eonde não faltam licenciados OU bacharéis em Administração Autárquica. Já para não falar no que poupávamos de 4 em 4 anos em eleições e propaganda.

Anónimo disse...

mas afinal qual é o nome do presidente da junta que ganhou este ano (09/10)de casegas?

Anónimo disse...

É inacreditável a forma como as pessoas fazem aqui determinadas afirmações e comentários, a forma como olham para os adversários políticos, a linguagem ordinária que utilizam, mas o mais grave, sem dúvida, é o refúgio no anonimato e no "mundo das sombras" referido por Platão.
São estes que se dizem filhos de Casegas, iluminados e perfeitos, democratas e responsáveis, sábios e tolerantes, e muitos outros adjectivos que podíamos utilizar.
Certamente não conhecem o mundo civilizado, continuam a viver no "mato" cada vez mais ignorantes!
Quem fizer uma análise profunda ao conteúdo deste Blog, vê com objectivo isso, andam sintomaticamente aos pontapés com o nome de Casegas.

Sinto uma profunda tristeza por estas barbaridades e cobardia de alguns conterrâneos em nome da nossa terra.

Viva Casegas!

Anónimo disse...

Não há nada a fazer com um povo deste.Tem o que merece. E as lamentações vêm sempre dos mesmos. Não estou mais para esta gente que só sabe lamuriar, mas quando vai à urna votam sempre nos mesmos. O certo é que vão lá estar mais um mandato e vamos ficando cada vez mais cansados e velhos e com nenhuma paciência para aturar esta maralha.Para mim é mais uma desilusão a somar a outras. Enfim ... como dizia o outro " é a vida".
TONHO ...

Anónimo disse...

Deixem de se degladiar.Refugio-me no anonimato e no mundo das sombras tal como o Sr. ou Sra das 8:32.

Mas, gostaria de conhecer o mundo civilizado de que fala e onde:

O oportunismo se chama pragmatismo e a traição se chama realismo.

Os pobres se chamam carentes, ou carenciados, ou pessoas de escassos
recursos.

A expulsão das crianças pobres do sistema educativo é conhecida sob o nome de deserção escolar.

O direito do patrão a despedir o operário sem indemnização nem explicação se chama flexibilização do mercado laboral.


As torturas se chamam pressões ilegais, ou também pressões físicas e psicológicas.


O saqueio dos fundos públicos pelos políticos corruptos responde pelo nome de enriquecimento ilícito.

Gostaria de conhecer o mundo civilizado onde:

O medo é global

Os que trabalham têm medo de perder o trabalho.

Os que não trabalham têm medo de nunca encontrar trabalho.

Quem não tem medo da fome, tem medo da comida.


A democracia tem medo de recordar, e a linguagem tem medo de dizer.


É o tempo do medo..... onde os (in)cultos chamam ignorantes aos que vivem no "mato"

Anónimo disse...

O anónimo das 12:15 entrou em contradição quando disse: "deixem de se degladiar", ou quer mesmo "tapar o Sol com a peneira".

Certamente parou na História e ainda se revê no modelo soviético ou em Revoluções comunistas como a chinesa ou a cubana.
Todavia deve saber que o ideal socialista perde o seu carácter de reivindicação de classe, para se tornar numa aspiração a um progresso gradual fundado na solidariedade voluntária e no compromisso dos cidadãos.

Se reconhece tantas capacidades ao seu "ego", porque não apresentou candidatura à presidência da Junta?

Parece-me francamente melhor que o peão rosa-laranja, Joaquim António!

Anónimo disse...

"Certamente parou na história e ainda se revê no modelo soviético ou em revoluções comunistas como a chinesa e a cubana". Só faltou falar nos banquetes onde se comiam criancinhas ao pequeno almoço.
Mas digo-lhe que no mundo civilizado que prefere, se morre à porta dum hospital sem qualquer assistência só porque não se tem um seguro de saúde e se remexem os caixotes de lixo à procura de restos de comida.
O peão rosa de que fala certamente não está ferido de direitos constitucionais e não sendo seu defensor ou amigo, tem o direito acho eu, de dar as cambalhotas que quiser. É mais cambalhota menos cambalhota.
Mas olhe que na lista do PSD identifiquei alguns que também deram cambalhotas pois noutros tempos vi-os a concorrer em lista apoiada por outra força partidária. É uma questão de memória e de registo também, pois gosto de guardar os papéis que me metem por debaixo da porta e tenho o hábito de os guardar todos.
E repito, não sou amigo do Sr que chama peão rosa-laranja e que pelo que por aí ouvi estava a ser preparado para ser o herdeiro da coroa laranja. O azar dele foi ter-se adiantado ou então estava a ser mal preparado. Só eles sabem o que tinham combinado.
Admito que não tenha nascido no mesmo País em que eu nasci "Portugal" e onde não havia liberdade e se morria de fome ou à mingua. Era um País em que se "parou" a Democracia durante 40 anos. Diferente da URSS ou Cuba? Certamente mais na forma que no conteúdo.

Anónimo disse...

Que bonito! Senhores e senhoras, venham todos ver o espectáculo que vos é oferecido pela companhia teatral de uma aldeia do interior beirão. Bem vindos a Casegas, onde todos dizem orgulhar-se da sua terra natal e onde é mais importante criticar os outros do que agir em prol da mesma. Que ridículo. Tenham vergonha na cara. Uns e outros. Tanto me faz que se digam apoiantes deste ou daquele partido. São todos iguais. Saberão pelo menos o significado da palavra "vergonha"?
Estes comentários são vergonhosos. Direi ainda mais, são um nojo. Enoja-me e revolta-me olhar hoje para Casegas.

"Bloquistas, comunistas e socialistas: respeitem a vontade do povo e sejam democratas com "D" grande!"
Belo comentário, sem dúvida. Mas deverei eu recordar que, da esquerda política, apenas o Partido Socialista apresentou lista? Porque não bater palmas à derrota do Partido Popular em Casegas? Ainda há pessoas com uma ideologia política que não se revêm em meras lutas entre a esquerda e a direita. Mais, não poderão pessoas da dita "esquerda" ter votado PSD em Casegas? Ou, para seguir um raciocínio coerente, existirem pessoas da "direita" que votaram PS? Parece-me possível e, inclusive, mais que provável.

A política tem que ser vista não como um meio para a concretização de desejos pessoais mas como um instrumento para a construção de uma sociedade melhor. Casegas precisa de evoluir para não estagnar. E não é com mentalidades como as que temos presentemente que as coisas mudarão. O voto popular decidiu e, concordemos ou não, é assim que funciona uma democracia. O mais importante é que todos saibam qual é o caminho a seguir e que esse seja trilhado por todos com um único objectivo: o desenvolvimento de Casegas. Sociais democratas ou socialistas, comunistas ou populares, tanto faz. Casegas não deve ser o palco de lutas fratricidas, embora o seja cada vez mais. O progresso consegue-se trabalhando em conjunto, através da partilha de ideias e competências. Casegas nunca se conseguirá afirmar nem ser digna do seu próprio nome enquanto continuar a vigorar o conceito de "inveja caseguense", o belorento maldizer e a podridão de um certo pensamento retrógrado segundo o qual tudo está bem como está.

Anónimo disse...

Eu volto a tocar num assunto que anteriormente referi, "Auditoria", algo de muito estranho se passou, quem pagou os cinco sacos de cimento utilizados para ganhar votos, quem pagou o outdoor do PSD quando se sabe que não foi o Partido da Covilhã que o financiou, quem sabe onde anda o dinheiro destinado á junta de freguesia que não se vê em obra feita, quem pagou o gasóleo da carrinha dos sapas de casegas quando aquele... andou a controlar a população á noite, quem...?quemm...? afinal não foi ninguém e assim andam as verbas destinadas ao desenvolvimento de uma aldeia que infelizmente é hj em dia das mais atrasadas a todos os niveis no concelho da Covilhã.
E porquê?porque o dinheiro destinado á Junta de freguesia é canalizado para obras de beneficiação de privados, como aquele vizinho do Sr presidente que se deve ter tornado selvagem por pouco contacto social e ameaçou a própria mãe no dia das eleições, por esta e por outras é que tnh pouca vontade de viver em Casegas, não pela freguesia que sempre amei, mas pelas pessoas que infelizmente a habitam.Vivi uma grande época de que me orgulho em Portugal,se for preciso um 74 em 2009 em Casegas contem comigo, o que se passou merece ser denunciado a bem da democracia,a bem da liberdade conquistada neste país.
ANTERO DO PINHAL

Anónimo disse...

"«Bloquistas, comunistas e socialistas: respeitem a vontade do povo e sejam democratas com "D" grande!»
Belo comentário, sem dúvida. Mas deverei eu recordar que, da esquerda política, apenas o Partido Socialista apresentou lista? Porque não bater palmas à derrota do Partido Popular em Casegas? Ainda há pessoas com uma ideologia política que não se revêm em meras lutas entre a esquerda e a direita. Mais, não poderão pessoas da dita "esquerda" ter votado PSD em Casegas? Ou, para seguir um raciocínio coerente, existirem pessoas da "direita" que votaram PS? Parece-me possível e, inclusive, mais que provável."

Não tente uma vez mais "tapar o Sol com a peneira", nem venha com o discurso do cordeiro, pois Casegas é um caso muito particular.
Há efectivamente gente do PCP/PEV (CDU), um ou outro do BE e apoiantes do PS.
Conhecendo rigorosamente grande parte das pessoas do PCP/PEV em Casegas, posso dize-lhe que há mais de 70 votantes fiéis da CDU.
Quanto aos outros partidos é mais difícil fazer essas contas.
Mas tendo em conta as eleições autárquicas de 2005 (com lista da CDU) e as de 2009 (com lista do PS), estatisticamente podemos dizer que nas últimas, pouco mais de 100 votos serão na maioria do PS.

A primeira questão que coloca traduz duas coisas: ter dificuldade em identificar-se como militante do PCP/PEV ou ignorar que estes não existem.

A segunda questão é ficção autêntica quando fala de derrota do CDS/PP. Certamente está nervoso por ser 5ª força política em Portugal.

Seria mais interessante se o peão "rosa-laranja" se tivesse apresentado com as cores "azul-amarelo".
A conspiração perfeita com bloquistas, comunistas, socialistas, centristas e até social-democratas pela lista do CDS/PP.
Talvez a falta de coragem e "medo" que tanto sabe apregoar, lhe conferissem um utópica alegria convincente, baralhando a maioria de direita caseguense!

P.S.- Pena haver por aqui peões "escondidos e imóveis" que não passam de piões.

Anónimo disse...

O que mais gostei de ver foram as histéricas e a histeria de algumas "damas" que deviam estar dopadas. Teriam tomado Viagra?
Onde isto chegou. Gentalha sem qualquer formação cívica, gentes que a comunicação social francesa classifica como pessoas de baixíssimo nível cultural e sobretudo despolitizadas,"LERAM BEM ?.. "DESPOLITIZADAS" quase sempre ligados a profissões desqualificadas. Gente que se ficou por Champigny, Nanterre, S. Dinis, La Courneuve etc Que me perdoem todos os Portugueses e Portuguesas onde se incluem muitos e muitos Caseguenses, que se integraram na cultura Francesa, que honram o seu País de origem e estou certo têm contribuído também para o enriquecimento da sua TERRA. Se o falecido Padre Nicolau fosse vivo aposto que lhes negava a comunhão e não lhe dava a cobertura que lhe dá o João Cravinho da Coitada.
Lembrando Charly Chaplin "durante a nossa vida: "Conhecemos pessoas que vêm e que ficam. Outras que vêm e passam. Existem aquelas que vêm, ficam e depois de algum tempo se vão. Mas existem aquelas que vêm e se vão com uma enorme vontade de ficar...
DIRIA EU QUE MUITAS NUNCA DEVERIAM TER VINDO. DAS FRANÇAS E OUTRAS PARANÇAS.

Anónimo disse...

O TRIUNFO DOS IGNORANTES...

Sócrates dizia que a ignorância é a raiz de todos os males. Mas o ignorante pobre só faz o mal a si mesmo, no máximo a mais meia dúzia em torno. Transformar a ignorância em autoridade pública é empreendimento dispendioso:
Mas a ignorância, como tudo o mais nesta vida, não permanece estável: evolui. Nasce como pura falta de conhecimentos, mas transmuta-se em incapacidade e por fim em recusa absoluta de adquiri-los, mesmo quando disso dependa a sobrevivência do interessado. Começa como um estado natural e transforma-se numa requintada forma de perversidade.

Anónimo disse...

Quem é que não respeita a democracia? Desculpem, já não estamos no tempo do Salazar ... Aceito a decisão do povo mesmo que não concordo com ela, mas lamento mais esta eleição. O nosso povo merece o que tem ... não venham é com choradinhos. Esta foi a última oportunidade para que uma nova geração tomasse conta de Casegas. Mas enfim o povo não quis ser corajoso. Tal implicava que os mais velhos perdessem o medo do bolor salazarista que perdura em Casegas.Como em todos os partidos à sempre gente séria, mesmo no PSD, mas os que se passa em Casegas com estes dirigentes tão atrasados e mediocres é demais.
Não sou um anónimo qualquer, sou o TONHO para quem quiser saber.

Limpa carteiras disse...

Nada mais certo que o pensamento de Sócrates referido pelo anónimo das 9:55 PM. Como é que a minha mente fervilhante não se lembrou disto?
Se como disse Sócrates (470-399 a.C) cada ignorante pobre só faz mal a si próprio e a mais meia dúzia em seu redor, chegamos a um valor de 228 votos que resultam da multiplicação de 38 elementos da lista do PSD multiplicados por 6. Como os votos alcançados foram 223, ou seja menos 5, existe alguém que apenas fez mal a si próprio.
Elementar meu caro Watson.

Anónimo disse...

Concordo absolutamente com um comentário aqui feito: "Pena haver por aqui peões «escondidos e imóveis» que não passam de piões".

Na hora da verdade, invocam a ditadura, falam de Salazarismo, chamam outros de atrasados e mediocres, quase como o fez José Sócrates relativamente à Direita nos últimos tempos.

É a política que temos, de fachada e só para ornamentar, onde os intelectuais de Esquerda se julgam superiores, tolerantes e responsáveis.

Como diria Fernando Pessoa:
«Onde está a corda destes "piões"?»

Anónimo disse...

falou o nu para os rotos...

Anónimo disse...

A Esquerda e a Direita morreram! Estamos na Era do Pragmatismo!
Para os puristas, politólogos, historiadores, um título destes é um atentado ao pensamento, um autêntico crime! Peço desculpa! Permitam-me tamanho atrevimento, mas não ambiciono ser mais do que um activista do senso comum...
Afinal, o que é que andamos todos aqui a discutir? O que é que move blogs da denominada direita ou de uma tal de esquerda? Para que serviram então as fervorosas polémicas entre Acidentais e Barnabés que nos divertiram no passado? Para que servem páginas e páginas de palavras apregoando a derrota da esquerda moderna? Para que servem discursos inflamados apelando ao fim das perigosas políticas de direita? Eu próprio me questiono: “então não foste sempre um indivíduo de direita?”
Há muito que as cartas estão na mesa: As doutrinas políticas de ambos os lados foram elaboradas e colocadas em prática. Nenhuma se revelou perfeita. Aliás, as tentativas de concretização à letra (ou quase) das ideologias de direita/esquerda, deixaram (e ainda deixam) uma marca de injustiças e abusos que mancham o percurso histórico da humanidade. Mas, nos países desenvolvidos ou com ambições de desenvolvimento, tudo isso é história. Onde é que está a esquerda/direita na Inglaterra de Blair? Foi Aznar um líder marcadamente de direita? Lula da Silva aplica as políticas que defendia nos tempos de sindicalista? O espírito de Mao Tse-tung ainda domina a China?
Na verdade, nestes casos de sucesso ou bem encaminhados, a dicotomia que alimenta muitas das nossas discussões, deixou de existir. Seguem-se políticas pragmáticas, ou seja, tendo em vista o progresso e o bem-estar, aplicam-se as soluções que se revelem mais adequadas, deixando para trás todos os complexos de esquerda/direita. É este o caminho do futuro, são os pragmáticos que decidirão eleições, são os líderes conscientes desta realidade que ficarão na história por boas razões.
Penso que o Pragmatismo já começa a entrar em Portugal: É José Sócrates um 1.º Ministro socialista? Será Cavaco Silva um Presidente de direita? Aliás, diga-se, os eleitores que elegeram José Sócrates foram precisamente os mesmos que votaram em Cavaco. São estes eleitores que decidem e que decidirão cada vez mais eleições no futuro – os pragmáticos! Não auguro grande futuro para os partidos que insistem repetidamente na demonização da esquerda ou da direita. No momento de votar, os eleitores que decidem, estão-se (e bem) absolutamente nas tintas para isso.
Assim, aproveito para deixar, humildemente, um conselho aos liberais: se querem ser bem sucedidos, devem deixar para trás a conversa da treta – “ a direita isto, a esquerda aquilo”; devem dar um novo nome às interessantes “Noites à Direita” (proponho Noites Liberais); devem deixar de teorizar sobre a perfeição da direita e a imperfeição da esquerda. A meu ver, só assim poderemos ambicionar deixar de ser “marginais” e chegar ao poder.
O passado foi dos de esquerda e dos de direita, o futuro é, claramente, dos pragmáticos.

Anónimo disse...

Show Bitz Caseguense... 5estrelas... olhai la... quem votou foi o povo?! certo? ta escolhido... viva o PSD e calem-se de uma vez por todas... combada de mau perdedores... e vosses do Ps falam, falam, falam... e nao dizem nada de geito!!! pois claro que fico chateado... e nas urnas vao la ver que alguns que defedem de alma e coração o PS ainda perderam a cabeça e votaram no PSD... pa nao sei, mas digo eu com os nervos... mas era um filmaço daqueles... bem deixem-se de chorar,berrar que a gente muda-vos a fralda e dava-vos a chupeta...