Ocorreu um erro neste dispositivo

segunda-feira, novembro 16, 2009

Faleceu o Carlos Brito


É verdade, fiquei boquiaberto quando ligo à minha mãe a saber como estava, porque entretanto também havia sido internada no hospital, que me disse que tinha morrido o Carlos Brito...fiquei sem palavras!
É com alguma comoção que escrevo este post, sobre quem ainda no outro dia bebia um copo connosco...


Com os seus defeitos ou virtudes como todos nós, era sem duvida e sobretudo um personagem de Casegas, que apesar de viver no Sobral, não dispensava uma ou várias paragens na terra, para uma fresquinha que ele tanto apreciava enquanto o fiel camião da lenha esperava à porta.
É uma grande perda sem duvida, e triste este desaparecimento prematuro. Fazia boa companhia, parodiante, falava a toda a gente e animava o ambiente por onde passava contando mais uma história que trazia de outras paragens ou de outros tempos, com o jeito que herdou do seu pai T´Xquim Brito.

Os meus sentimentos à família, particularmente a que conheço pessoalmente.
É homenagem que me é possível prestar de momento, se puderem disponibilizar uma foto do Carlos, ficaria grato.
Vou criar um separador para lembrar este companheiro de momentos sempre alegres.

Espero que se tiveres ido para algures, que tenha sido para um sitio melhor.
Adeus Carlos.

12 comentários:

joaquim disse...

aproveito este espaço para dedicar os meus maiores pesames a familia,de este companheiro de escola e nao so.que descanse en paz
joaquim romao

César disse...

Era um "bonacheirão" sempre com um sorriso no rosto. Vamos sentir a falta dele nos fins de tarde agora mais silenciosos e vazios, onde a vida, cada vez, cede mais lugar à morte, e a alegria do "repicar" dos sinos a anunciar a festa, deu lugar ao som lúgrube do "dobrar" que ecoa por toda a Freguesia. A sua fiel "caminheta", tal macho do "Ti Ervilha" denunciava sempre a sua presença quer fosse no alto das pedras lavradas ou no largo da eira em Casegas. Um bom companheiro para esquecer tristezas. Um bom contador de histórias. Amava a sua Terra que quis fosse a sua última morada.

Os meus sentidos pêsames à Família e Paz à sua alma. Neste momento de reflexão pela morte de alguém e pela perda de um amigo atrevo-me a pensar como "Saint-Exupéry" que "cada um que passa na nossa vida passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa na nossa vida passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito; mas não há os que não levam nada. Há os que deixam muito; mas não há os que não deixam nada. Esta é a maior responsabilidade da nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso"
César Craveiro

Manjedoura disse...

Bem hajam pela foto, Marina e família.

Rui Jorge

César disse...

Ao reler agora o meu comentário, verifico que em vez de lúgubre escrevi lúgrube. Fica a correcção

Perifano disse...

È isto que não entendo, todos somos "bons" ao morrer, depois fazemos falta!!! mas enquanto vivos tratamo-nos tão mal.
Estive com ele, uma,duas vezes, no Paul, a beber um "copo", com amigos comuns, era afável e simpático, gostei dele, faz-nos falta.....

CANADA disse...

Ainda me lembro do tempo que vivia em caségas, que iamos jogar futebol contra as equipas dos aredors éra ele que nos trasportava na remorque do tractor
DESCANSA EM PAZ ( PRIMO )

Anónimo disse...

DE SÃO JORGE DA BEIRA MANDO OS MEUS SENTIDOS PÊSAMES Á FAMILIA DO CARLOS XICO

clara disse...

depois de morrerem é normal que todos digam que era boa pessoa quando as vezes pensao o contrario. era mos vizinhos nos tempos em que vivi em portugal, ainda me lembro que numa das minhas visitas a terra precisei de comprar azeite e foi a ele que me dirigi. os meus sinceros sentimentos a toda a famila

Familia Brito disse...

Obrigado a todos pelas palavras ... partilhamos a falta que nos faz, com muitos de voces. O bem que fizeram ao nosso pai façam ao nosso irmão que ele não vai parar o que o nosso pai começou.
obrigado

Anónimo disse...

Sinceros sentimentos aos familiares pelo desaparecimento desta singular personagem... Haveremos de nos encontrar para bebermos mais uns copos...

Abrantes (Lyonnais)

Anónimo disse...

os nossos sentimentos a toda afamilia penssamos en ti JOSE BRITO FERNANDES FRANCE

Anónimo disse...

De Alemanha, Manuel Brito e Familia os nossos Sentimentos á Familiá.
Fiquei triste por perder um Primo e um grande Amigo.
Penssamos en ti.