Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Aí vai mais uma!

Esta é para os gajos!
Quando pescarem as próximas, guardem-nas e façam o almoço à mulher em vez de irem para o café, pelo menos no 8 de março! E não merecem festa! É só "bjecas" e sueca?
Xôôô machismo e conservadorismo submisso do "antigamente também era assim" e do preconceito ignorante do "parece bem ou parece mal"!
Revoltem-se as gajas! Mas pelas causas...


Trutas com Molho Vinagrete

Ingredientes:
  • 4 Trutas
  • Qb sal e pimenta
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas Louro
  • Qb de farinha e óleo para a fritura

Molho Vinagrete:

2dl vinho branco

2dl vinagre de vinho branco

1 Alho Francês

1 Cenoura

1 Cebola

1 Folha de Louro

Ramo de Salsa

Qb Sal e pimenta

100g Margarina

Tempere as trutas com o sal, alho, pimenta e ou louro. Deixe repousar.

Entretanto corte a cebola, o alho francês e a cenoura em juliana (tamanho de fósforos aproximadamente). Posso explicar a técnica nos comentários.

Numa frigideira coloque o vinho branco e o vinagre e deixe reduzir para metade.

Junte a juliana de legumes, o louro e tempere de sal e pimenta.

Ligue a margarina a este preparado e por fim envolva-lhe a salsa picada.

Passe as trutas por farinha e frite até dourar bem.

Disponha as trutas numa travessa e regue com o vinagrete.

Caso encontre este molho muito “aigro”, aumente o vinho branco e reduza no vinagre.

Sugestões:

- Acompanhe com batata cozida ou alourada.

- As mesmas trutas, regadas com molho de alcaparras. Substitua os legumes por alcaparras, cebola picada e pimenta preta em grão, que deve ser retirada depois da redução do líquido. No final, junte também a margarina. Este molho acompanha bem qualquer peixe frito, uma vez que a sua acidez corta a gordura da fritura, tornando o prato mais agradável.

Curiosidade: na cozinha indiana, quando um ingrediente ou a própria confecção vai causar mau estar ou é menos saudável, nesse prato, regra geral, é introduzido um outro ingrediente para anular ou atenuar esse mau estar indesejado. Ex, se é um prato “pesado”, levará em principio algo que facilite a digestão…poderá ser asafoetida. Da próxima escrevo uma das minhas receitas preferidas da cozinha vegetariana indiana à base de grão de bico, gran masala e iogurte natural (já adulterei para iogurte de cereais): “Shana Raithe” muita bom!!!

...já agora, lavem também a loiça, dêem uns trocos aos putos e "mandem-nos para a rua" ;p

7 comentários:

Leopoldina disse...

desta gostei!

ahaha!

Anónimo disse...

é assim mesmo!

A.A. disse...

Por falarem dia 8 de Março, não há programa este ano? Gostava de saber para me orientar....

Anónimo disse...

este cozinheiro achasses o melhor de todos mas ainda tem muito que lutar pois a restauração não se limita so a regionalismos pois tem uma vasta aplicação e algo melhor como por exemplo os restaurantes com estrelas michelin pois e a alteração de receitas tipicas e das coisas mais ignorantes que existe

Anónimo disse...

Ao ultimo anonimo: O meu amigo parece me entender tanto de cozinha como eu entendo de fisica nuclear; ou seja um zero absoluto. Pense la um pouco sobre qual a origem da arte culinaria, qual a origem dos pratos regionais ou tipicos, com certeza que se tiver dois dedos de testa ha de ver que os pratos diferem pouco uns dos outros e são quase sempre resultado de pequenos testes ou tentativas de melhoramentos... A arte culinaria tira a sua força da criatividade dos seus mestres que inventam misturas de sabores para que com o tempo estes se tornem tradição... Fique o meu amigo sabendo que a parte da criatividade é uma condição sine qua non a atribuição das boas estrelas do guia Michelin.

Saudações,

Lyonnais alias Abrantes...

Liz disse...

:)

Manjedoura disse...

Obrigado pela intervenção abrantes, felizmente há quem quem perceba alguma coisa do assunto. Em contrapartida vai aparecendo o amigo do do costume, que acha que sabe tudo de tudo, mas enfim...

Não tenho nada a provar-lhe e se não quiser ler receitas não leia.
Terá todo o gosto certamente em dizer , partilhando a sua imensa cultura gastronómica connosco, em que é q a receita foi adulterada, o que tem contra a cozinha de fusão e já agora, duvido muito alguma vez tenha frequantado algum restaurante com estrelas michelin...já ouviu falar, diga antes assim...se fosse frequentador de tais estabelecimentos, não diria tanta asneira.
Fiquei abismado com tanta sabedoria, a sério!
Fiquei a pensar sériamente em mudar de profissão. Sinto-me um completo ignorante peranto o comentário do nosso expert!