Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, junho 19, 2009

O novo "Armani" do Sócrates

O Engenheiro já começou a vestir o seu novo fato que vai utilizar até às eleições. Cuidado que este cordeirinho morde que se farta mal nos apanhem onde deseja. Não nos devemos esquecer das promessas de baixar impostos e do referendo ao Tratado Europeu. Confiar neste bicho é pôr-se a jeito para ser repasto do sistema.

Kaos

3 comentários:

Anónimo disse...

Qual é a alternativa a Sócrates? Será que era previsível a crise das economias mundiais quando o programa de governo prometido foi apresentado ao eleitorado? Mas qual é a alternativa? A Drª Leite? Tenham pena, é só o que se pede. O PSD tem bons políticos. Mas porque não avançam? O país está muito melhor e só não estão cumpridas mais promessas porque a oposição é o que é: Vazia de ideias credíveis. Tudo soa a ôco.

Asno disse...

Algumas perguntas:

Quem são os responsáveis pela crise das economias, sejam elas nacionais ou mundiais?
Os governantes?
O clube Bilderberg?
Ambos?
Eu?

De que valem as ideias dos outros para governos autistas?

Dar credibilidade a políticos mentirosos, não penso que seja propriamente sinónimo de sanidade mental.
Quanto à Manelinha, é farinha do mesmo saco dos pseudosocialistas...
Quem já se esqueceu do seu desempenho como ministra da educação?
E dos dinheiros que esbanjou conjuntamente como o senhor Silva no tempo das vacas gordas do cavaquismo, fazendo desta, a pior ministra das finanças desde que que há democracia neste país?

Anónimo disse...

E verdade, que a situacao nao esta muito para festas.de quem e a culpa? De muita gente, que de honestidade,deixa muito a dever. De politicos,estamos todos mal servidos,pois todos os que la estao e por la teem passado,nunca fizeram nada pelo povo. Usaram sim, o poder, para levar a agua ao moinho deles ,familia e amigos. A oposisao,essa nao deve apontar muito o dedo,pois nao se deve esquecer dos tempos que la esteve. E pena, que so dois partidos, tenham simpatisantes para chegar ao poleiro. Mas esses numeros sao enganadores. Reparem so ,no numero de abstencoes. Se todas as pessoas votassem, seria diferente.E pena, pois isso demonstra que os portugueses deixaram de acreditar.