Ocorreu um erro neste dispositivo

terça-feira, setembro 29, 2009

Esmiúça tiques Salazarentos (clicar na imagem melhorada)

(clicar na imagem para aumentar)


Aproveito a boleia do tema para relatar aqui, mais um episódio desta minha atribulada encarnação e passagem neste mundo e terra que é Casegas, dominada por martelos ratitos-criaditos e martelões, de gente boa que tende a emigrar, dando lugar a tacanhos que regressam do estrangeiro e de outros sítios que também rimam com “ões”.

Esmiuçando, queria contar aqui mais um episódio do tal amigo…sabem? “O tal”! Não estão a ver? Aquele que tira o fato das naftalinas no dia das eleições e se vai especar que nem um carvalheiro mal esgalhado, de braços cruzados ao lado das mesas de voto com um ar salazarento e intimidatório (tem um dos nomes igual ao do outro, o do cadeirão, o maior português de todos os tempos, o ranhoso. Será que ainda eram parentes? Bem, consta-se que pelo menos um bufo havia na famelga…um que aparece por cá no verão. Dizem…).

Era Páscoa, 23 de Março de 2008. Uma Caseguense residente no estrangeiro, resolveu brindar a avó aniversariante, utente do Centro de Dia, com Burlhões para a senhora e para todos os idosos do Lar. Eu, na altura fazia venda ambulante de Burlhões e como amigo da neta, prontamente me disponibilizei para o serviço e o dinheiro também me dava muito jeito claro. Levei os Burlhões, visitei os idosos na hora de almoço e achei o evento digno de registo, logo, peguei na minha falecida Pentax (já agora, não me querem oferecer uma maquinita digital? A minha estragou-se e a reparação é carita, logo encostei-a e agora não tenho máquina, para minha e vossa infelicidade. É a vida…a nossa, da máquina foi a morte…acho que se estragou a fotografar “paralelos dos lambões”, mas isso é outra história. Adiante, foi só um aparte.). Onde é que eu ia? Ah, pois a minha Pentax! Peguei na minha Pentax e registei umas fotografias(Aqui) aos “velhotes”, encantados da vida a banquetearem-se com um Burlhãosito e publiquei-as aqui no blog no dia seguinte com toda a legitimidade, uma vez que apesar de não se tratar de um local público, o direito à imagem é de cada um, e não se tendo oposto os idosos a que os fotografasse, e não conhecendo eu caso algum de incapacidade mental (a não ser o dito cujo), ou que alguém tenha delegado o direito de imagem ou de ser visitado, ao amigo, salvo seja, salazarento, posto tal, o post que aqui publiquei, diz apenas respeito a mim e aos idosos e a mais rigorosamente ninguém! Mas nããão…o gajo tinha de meter o bedelho! E vai daí, que mal toma conhecimento das fotos publicadas (Aqui), toca de ligar para o Lar, intimidando as funcionárias e proibindo o meu acesso às visitas (agora já não me recordo se era só o meu), e que as visitas teriam de ser autorizadas por ele! “Ahaha”, grunhi eu mal soube! Na altura comentei com o meu advogado Paulo Vaz (aquele que deu cabo do Galo, no mediático caso Chicken Charles (ler aqui). Na altura dizia-me um ex-lisboeta no Karpinteiro “o do Chicken Charles já se vai lixar, a seguir sois vós”. Pois, viu-se!), ao que o Paulo Vaz responde: E pá, isso chama-se “Sequestro”!

Dizia o nosso “amigo”, salvo seja, que o acto de eu ir ao Centro de Dia era um “acto político”. Uma pessoa assim, não está bem…deve andar fora da graça de deus…! espero poder lá entrar por muitos anos, até que apesar de nunca reconhecido por niguém, metade do edificio foi erguido com o suor dos formandos de um curso de oprários de construção civil, frequentado por caseguenses e dois sobralêros. Não temos placa, mas temos memória! E abaixo as placas do que é dever!

Mas que raio se passa com as pessoas para reconduzirem endemoninhados buçais patetas, como este, nestes cargos? Anda tudo maluco?!


Queria também aproveita a embalagem para comentar algumas “bocas” anónimas que têm sido veiculadas em relação ao funcionamento da instituição. Penso que as funcionárias têm sido alvo de alguns ataques que têm aqui sido desferidos por ignorância, nomeadamente em termos de cuidados e formação profissional. Dizer que em relação a cuidados, corrigir aqui um comentador (não querendo dizer com isto que possa haver falta de zelo por parte das funcionárias ou não):

Quando falamos de pessoas idosas, acamadas ou não, de mobilidade reduzidas, há que ter em conta a idade das pessoas, e tão simples quanto isto, basta ajudar uma pessoa a virar-se na cama, ou a levantar-se, ou ajeita de alguma forma, para se partirem ossos quando se trata de indivíduos com esta idade. Não é só a escorregar nas banheiras que se partem ossos então. Isto para retirar algum exagero à forma como o comentário foi feito, não querendo dar ou retirar razão.

Da formação:

Aí por volta de 2000…2001, era eu dirigente no Sindicato da Hotelaria do Centro, e como era minha obrigação, fiz uma ou duas visitas ao Centro de dia, uma vez que na altura o contrato das IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social), eram negociadas pelo sindicato da Hotelaria, e ofereci-me junto das funcionárias para resolver alguns problemas, que ali existiam, mas o clima de medo que ali existia e existe levou a que o meu esforço tivesse sido um pouco em vão, mas o que é certo é que hoje, os trabalhadores têm, não só o direito de receber formação profissional, mas também o dever de participar, de modo diligente, nas acções de formação que lhe forem proporcionadas, devendo ser estas promovidas dentro do horário de serviço.

A questão ou questões que se põem:

É facultada formação?

Sim? É recusada? Para que servem as faltas? Para se marcar!…Certo?

Há funcionárias de tal forma "desactualizadas" pelo motivo de recusa a formação? O que mais há nos centros de emprego, são desempregados com formação em geriatria!

Da comida? Quantas acções de formação de reciclagem promoveram as direcções para melhorar o desempenho do pessoal da cozinha? Ou estão à espera que as funcionárias façam reciclagens do bolso delas? Estamos a falar de formação gratuita, promovida pelo IEFP (Instituto do Emprego e Formação Profissional), eu próprio fui formador nalgumas. Querem um exemplo senhores dirigentes?

- São Jorge da Beira, o Centro de S. Jorge da Beira, na altura em que fiz uma reciclagem de Cozinha às funcionárias ao serviço do IEFP, já funcionava como restaurante com o salão dividido e pratos distintos entre dietas e pratos do dia. Uma fonte de receitas meus senhores, que pode contribuir para a melhoria as condições do Lar, e hoje fazem qualquer tipo de serviço para qualquer evento.

São as vantagens da formação senhores dirigentes. As pessoas têm de estar bem preparadas e formadas para dar resposta aos desafios do dia a dia.

Depois aproveitavam para actualizar os salários, pagar diuturnidades às funcionárias e regularizar/actualizar/reclassificar as categorias profissionais, que da última vez que as visitei, estavam uma vergonha!

Não são as funcionárias que têm que suportar a instituição, nem de pagar a má gestão dos responsáveis!

"Formação"...Se bem os entendo “senhores martelos e martelões” (frizar, que martelão, é todo o ser que se opõe ou obstrui a formação e informação ao ser humano, bem como quem não a aceita. É que houve que levasse a adejectivação, como pessoal)…O povo quanto mais ignorante, melhor, é mais fácil de manipular…Mais um infeliz tique salazarento! Mas Deus não “drome”…


Só espero que nestas eleições não se vejam episódios tristes, como gajas parvas arraçadas de furão, com uniforme do Lar a ir buscar idosos a casa para irem votar. As ameaças de encerramento do Lar para se arrebanhar votos, ao que se consta, já se repetiram, mais um tique salazarento!

Os furõesistos da soleira acimentada com “paralelos dos lambões dos lambões dos paralelos” (hmmm…estes dão um post) e do cabaz de natal…Ai, que vai ser destes…Mas os tachitos para familiares no Lar não são mais felizes não pensem!


Até breve…! Mandem lembrança!

11 comentários:

Anónimo disse...

Tenho vindo a presenciar toda esta panoplia de descontentamento, e com razão, dos que se aqui se manisfestam. Sou apenas mero espectador, não sou de casegas, estou ligado a casegas. Ainda no que se refere ao lar acho que se estão a esquecer de uma coisa importante, é que houve tantas vistorias em relação às obras que foram feitas no lar, houve tantas alterações que foram feitas para a sua melhoria, enquanto obra, mas n são feitas vistorias em relação ao que lá acontece. Muitos dos graves acidentes e incidentes que têm vindo a acontecer,e que aqui têm vindo a ser relatados, devem-se em grande parte às funcionárias que lá trabalham e que não têm, nem querem ter, qualquer tipo de competencia para tratar dos idosos. Veja-se por exemplo que em todo o lar existe apenas uma funcionária com formação de auxiliar. Há que perguntar porque razão o resto das funcionarias não tem qualquer formação. É de lamentar que ao visitarmos este lar encontremos pessoas a beber do mesmo copo que o vizinho do lado, a permanecer horas a fio sozinhos sem que uma funcionaria se digne a perguntar se precisam de alguma coisa, a aparecerem idosos com o corpo todo marcado e que no final de contas n parece ter sido ninguem, apareceu assim coitado, até a senhora que apareceu com o braço partido, ninguem se responsabilizou por tal. E porque? Porque meus senhores não existe competencia, nem das funcionarias, nem dos orgãos de gestão! Sim, porque quando se pergunta porque é que as funcionárias não têm formação a resposta é simples e rapida, porque não a querem fazer, porque dizem que para tratar de idosos não é preciso nenhum curso. Como é que isto pode acontecer? Nem os proprios orgãos de "gestão" o exigem! Se elas não querem fazer não fazem e pronto encerra-se assim a conversa. Porque é que não lhes é exigido que o façam? Será que é possivel que ainda estas coisas aconteçam hoje em dia? Um orgão de gestão existe para gerir e gerir não é so tratar da burocracia, ou dar o nome,gerir não é só passar de vez em quando e dizer boa tarde e mostrar-se apenas na hora da visita, para que as familias vejam que há interesse pela parte deles. Será que em casegas não há ninguem que se digne a ver que estas coisas acontecem? Esperemos que a lista que ganhe em casegas se digne a fazer algo em relação a esta situação. A dignidade do ser humano é um bem primordial, há que ter respeito pelos que já não podem depender deles mesmos e necessitam do auxilio dos outros. É urgente que se tome uma atitude de pé firme.
Obrigado

famel disse...

Não dá para ler, depois de aumentar fica tudo desfocado...

Anónimo disse...

Tambem não consegui ler o recorte do jornal,mas gostaria tambem de ver aqui publicado o recorte referente ao Anjo da Guarda, se alguém o tiver.Reportando-me ao que se referiu o anónimo,estou plenamente de acordo com o que disse, mas será que não fazem formação porque não querem? ou os honorários vão para algum saco azul,pois esses fundos são para ser investidos na formação e não há direito a recusa,senão há muito quem queira trabalhar.Será preciso dar conhecimento ASAE.

Operário em construção disse...

Eu também lá andei a trabalhar dirigido pelo Ti Castanheira do Barco " não um outro Castanheira, também do Barco, que hoje é o empreiteiro do regime e reino dos tamancos" e isso foi por volta dos anos 1996/97 ainda os tamancos que lá meteram a dirigir a casa eram desconhecidos na terra. Apenas se viam ao Domingo a caminho da missa a pedirem a remissão dos pecados. Um viajava directamente da Covilhã para o largo da Igreja e voltava pelo mesmo caminho e o outro vinha sorrateiro pelo caramoço abaixo e voltava pelo mesmo sítio. Como é possível que se apropriem do trabalho e iniciativas dos outros . Parece sim é que só fizeram por lá asneiras. Loiça de casas de banho inadequadas para idosos com dificuldades de mobilidade; rampas excessivamente inclinadas para cadeiras de rodas, com piso escorregadio e "curvas" com 90º; monta cargas a servir de elevadores; portas onde não cabe uma cadeira de rodas; Quanto à alimentação dizem que é uma miséria e pior que a sopa da mitra ou de qualquer albergue do tempo do outro Oliveira, o António de Santa Comba. Há que correr com eles pois os nossos idosos merecem mais e melhor. As empregadas não podem ser responsabilizadas pela ignorância dos tamancos que dirigem a casa. Sobrecarregam-nas a distribuir refeições ao domicílio e a pessoas que podiam tomá-las na Instituição, e algumas ainda com idade para as fazer pois andam pelas ruas todas direitinhas a exercitar a língua venenosa em permanente verborreia. No lar e à noite fica apenas uma trabalhadora para mais de uma dúzia de acamados. Afinal ninguém fiscaliza o funcionamento do pior Lar do Concelho? Se isso por aí não muda tenho que pensar que regressar a Casegas " jamais"

Txarrito disse...

Bem... Nem sei por onde começar...
Por momentos fiquei sem saber se isto seria um excerto de um livro de história de Portugal, referente ao Fascismo/ Salazarismo ou as memórias das muitas histórias que ouvi em criança sobre o Ti Antonino dos Ocalos (que Deus o tenha e o Diabo o conserve).
Adiante... Percebi e reconheci com tristeza que é a realidade na nossa linda aldeia de Casegas, onde se vive uma ditadura em pelo século XXI.
Há que salientar que neste momento estão a confundir-se duas entidades distintas: O Lar de Idosos e a Junta de Freguesia (lógico que isto só acontece, pois como vivemos em pleno Fascismo Caseguense, pois os Salazarentos dirigem ambas as instituições - um dia destes até vão querer meter o bedelho em casa de cada um de nós, mas já o fazem...)
Que não são inteligentes todos nós já verificamos, mas dai a intimidarem a população com o fecho do Lar de Idosos caso não ganhem as eleições autárquicas a que se candidatam vai um passo muito grande.
Realmente estes senhores deveriam frequentar não apenas o curso das novas oportunidades, mas um curso que inteligência e bom senso.
Caros conterrâneos, as instituições são distintas e não me parece que ninguém com dois dedos de testa queira fechar o Lar de Idosos.
Foi com imensa tristeza que verifiquei que inúmeras anomalias se têm vindo a despoletar no Lar de Idosos. Uma questão que já aqui foi colocada e que coloco novamente: De quem é a culta de as colaboradoras do Lar de Idosos não terem formação?
Todos nós sabemos que todas as organizações com ou sem fins lucrativos são OBRIGADAS a dar formação, e que os colaboradores são OBRIGADOS a assistir.
Não me parece que as colaboradoras se recusem a fazer as formações, e há planos que têm que ser apresentados nas auditorias, assim sendo resta-nos a hipótese de que alguém anda a meter dinheiro ao bolso, ai desculpem, a desviar fundos comunitários para algum lugar que não seja o devido.
Com tudo isto apenas resumo, que não me parece que o Lar de Idosos vá fechar caso estes Salazarentos não ganhem as eleições mas parece-me que irá ter alguns problemas devido há má GESTÃO da organização.
Não se esqueçam que as eleições para o Lar de idosos não serão em Outubro, mas apenas em Novembro. Não confundam mais a cabeça dos nossos conterrâneos!
Já agora vai abrir alguma industria de coisa alguma ou coisa qualquer em Casegas? Deve ser uma SA destinada ao fabrico e polimento de tachos, é que nos últimos tempos têm sido prometidos muitos! E a SA deverá responder pelo nome civil de Ti'Antonino dos Ocalos e Tachos, SA.
Lembro que uma empresa com mais de 250 trabalhadores deixa de ser PME, logo não irá receber apoios comunitários e com tanta gente nas escadas da igreja alguém vai ficar para trás... não haverá lugar para todos, apenas para 2!
Não tenham ilusões...
Boas Notes!

Anónimo disse...

Então não existe uma licença de habitabilidade,quem lá foi fiscalizar seria um dos cantoneiros promovidos a fiscais, pelo Presidente, os idosos pelo facto de já não prestarem serviços merecem ser bem tratados,por essa razão para lá descontaram.
Infelizmente parece que os principais visados não estão minimamente interessados e preocupados com os mais carenciados,mas que se lembrem que um dia tambem eles serão velhos.
Continuem a divulgar o que por aí se passa enquanto tiverem coragem e voz,se não for assim isto não vai em frente.
Bem Haja.

Anónimo disse...

estas a falar, mas a que estavas a falar da que foi buscar os idosos para votar no ramitos, está na lista do PS agora, isto demonstra a garotada que é esta lista feita de camaleões e vira casacas

Anónimo disse...

sera que os camaleões e os vira casacas não fazem parte dos quarenta etais que tiraram fotografia sera que não viste no domingo passado a carrinha do lar a fazer domicilio para votar até un idoso foram buscar a casa contra vontade propria se fosse para trabalhar ja não tinha tempo e nem o marido deixava que ela fosse porque ao domingo é precizo ir sachar milho mas para lamber as botas ao sargento garcia e outros soldados de chumbo já pode ir e até chegou a ser mal educada para com oas responsaveis da mesa de voto.Por isso sr. anonimo desta vez caiu-lhe em cima a merda que atirou aos outros.

Jerónimo chefe dos apaches disse...

Sugiro um título para a foto dos seguidores do António dos Cambões- Ali Babá e os 40 camaleões. O homem anda tão desesperado que virou "almeida". Hoje deu-lhe para limpar ruas. Amanhã não se sabe, que o raio do homem é muito imprevisível. Que se ponham a pau o Jóia e Companhia que ele anda para lhes tirar o lugar.O par de jarros nem deve dormir e os correligionários como não têm que fazer aplaudem o dinossauro excelentíssimo. Alguns, não chegará o Natal para se começarem a queixar que os enganou.Que se lembre de ir limpar a ribeira e o lameiro dos plásticos que por lá deixou depois da sua entronização no dia das reaberturas.

(...) É pela promessa de tais coisas que desalmados têm subido ao poder. Mas, só mistificam! Não cumprem o que prometem. Jamais o cumprirão! Os ditadores liberam-se, porém escravizam o povo. Lutemos agora para libertar o mundo, abater as fronteiras nacionais, dar fim à ganância, ao ódio e à prepotência. Lutemos por um mundo de razão, um mundo em que a ciência e o progresso conduzam à ventura de todos nós. Soldados, em nome da democracia, unamo-nos!(...) Charlie Chaplin O último discurso de " O Grande Ditador"

Puns'Da disse...

Famel... se nao da para ler pois esta tudo desfocado, tenho umas soluções...
1º Re-instale o seu windows.. nao sabe o que é? entao procure saber e trabalhar melhor nele pois faz maravilhas que nem imagina; ou o computador esta avariado... arranje-o, talvez ainda esteja na garantia...
2º se o problema nao é do windows ou do computador... Use oculos... ja nah vê tudo desfocado, faça atençao ao Dr. que vai, pois alguns podem enganar e querem-lhe é levar dinheiro e vender o produto...
3º se nao é por uma coisa nem por outra... escusado será dizer que comentarios desses aos quais deixou nao interessam a ninguem, ou foi só para chamar a atençao? ninguem lhe tira o xupa-xupa... quando se participa num blog é para se deixarem comentarios aos quais todas as pessoas que participam nele expressam a sua opnião e deixam criterios para que se possa melhorar casegas... se estiver interessada em ser Adulta e participar como uma pessoa adulta, deixe-se de garotisses e ponha mãos á obra... é que irrita... Dialogaram-se assuntos serios e vir uma mitra como voce e por um comentario daqueles sem trambelo nunhum... ta com crise!!!!

Anónimo disse...

a imagem inicial estava desfocada, esta é uma segunda imagem