Ocorreu um erro neste dispositivo

quarta-feira, novembro 26, 2008

Cedência do salão da Casa do Povo de Casegas à exploração


Na impossibilidade de continuar a dar o meu apoio ao bar/salão de jogos da Casa do Povo de Casegas, visto não me encontrar em Casegas aos fins de semana e a funcionária habitual (Carolina), por motivos académicos, também não nos poder continuar a ajudar com o bom trabalho, zelo, honestidade e dedicação a que nos habituou, entende a direcção, à falta de alternativas sustentáveis, ceder responsavelmente o salão da Casa do Povo à exploração a bem da instituição e de todos os sócios.

Queiram os interessados enviar as melhores propostas para o meu mail (rui_j_costa@hotmail.com), ou por escrito para Casa do Povo de Casegas, Rua da Eira 6225-Casegas ou ainda, por escrito entregue em mão a qualquer membro da direcção.
Condições e salvaguardas a acordar pessoalmente.

Com os melhores cumprimentos,
Rui Jorge Bernardo Costa

4 comentários:

luis antunes disse...

Não estava a espera.Que vergonha o minimo era convocar uma reunião para informar primeiramente os socios afinal a casa é deles ou nao?

Manjedoura disse...

A Casa do Povo é dos sócios,muito bem dito, apesar de não ter a necessidade ou obrigatoriedade alguma, a direcção de consulta aos sócios para uma decisão destas, serão contudo consultados numa assembleia já marcada, para que apontem soluções alternativas.
Aí sim, quero eu ver que soluções serão apontadas pelos críticos do costume. Ás tantas nem lá aparecem ou aparecem mudos, gostam mais do corte e costura de café em café...Responsabilidade? Chegar à frente?
Tá quieto...
Mas mandar querem todos! O fazer filhos nss mulheres dos outros não é?

O que poderá passar pela minha demissão de cargo de presidente e proposta pagamento de um salário igual ou superior ao que aufiro de momento. Pois sempre foi postura minha não prestar serviços remunerados para a CPC, por mais que precise, a partir do momento em que tomei posse, nem eu nem nenhum dos dirigentes actualmente em funções.
Espero contudo que não haja ainda quem pense que a cena do "preto e do branco" não tenha já sido banida da "recuadolândia" e o dirigente seja escravo da associação. Há lá que fazer para todos meu caro amigo.

PS: Vergonha é roubar, carapuço que não assenta de todo a esta direcção, talvez mais pautada por dar a camisola pela associação muitas vezes em prejuízo da vida familiar e outras tantas vezes da carteira, para que saiba senho Luís Antunes, seja lá quem for o senhor.
Vergonha? Nenhuma! O trabalho está à vista de quem tiver capacidade de o reconhecer.

Passe bem e aguardaremos todos o seu contributo e de outros, que será sempre bem vindo.

Manjedoura disse...

Bem, nos tempos que decorrem, nada me admirará, que o "dar" passe a ser vergonha, uma vez que "o roubar impunemente" é um comportamento do dia a dia já aceite com alguma passividade e ternura, pela sociedade.

Anónimo disse...

Rui Jorge tens o nosso apoio de alguns caseguenses.O trabalho nota-se ..foste bem como presidendte e tas bem como presidente..Tu es um tipo fixe..olha rui jorge nao ligues a bocas baixas ta?olha continua..olha rui jorge as pessoas que falam falam sem saber pk estar a frente de uma direcção não é muito facil..tens o meu apoio va um abraço para casegas